Arquivo do mês: maio 2008

TEMPO TÃO FELIZ… (7)

(Essa dica foi do Benê Villa)

Em 1996, na Copa Mundial AMF, realizada na Irlanda do Norte, havia quatro brasileiros nas finais… assistindo… o show do recordista filipino Paeng Nepomuceno sobre o norte americano Drew Hylen.

Vejam a foto…
[img:amf1996_brasileiros.jpg,resized,vazio]

…e confiram o vídeo:

O fantástico canhoto Paeng Nepomuceno detém até hoje dois recordes mundiais do Guiness Book: foi o mais jovem campeão mundial aos 19 anos em 1976 e é o único campeão mundial e vencer quatro títulos em três décadas diferentes (1976-Teerã/Irã, 1980-Jacarta/Indonésia, 1992-Le Mans/França e 1996-Belfast/Irlanda do Norte, esse foi vinte anos após o primeiro título).

Paeng foi escolhido como “World Bowler of the Year” por três vezes (1984, 1985 e 1992) pela World Bowling Writers, uma Associação com mais de 300 escritores de 40 países.

A máxima organização mundial do boliche, a FIQ, escolheu Paeng como o “International Bowler of the Millennium” entre 100 milhões de praticantes.

TEMPO TÃO FELIZ… (6)

1995 – 31.ª COPA MUNDIAL AMF DE BOLICHE

São Paulo já foi sede do maior evento mundial de boliche, realizado ininterruptamente há 43 anos. Em 1995 o Planet Bowling, então recém inaugurado, recebeu atletas de 57 países diferentes na 31.ª Copa Mundial de Boliche. Patrocinado pela Pin 1 distribuidora autorizada pela AMF para a América Latina.

Nessa época o Planet Bowling era o maior boliche da América do Sul, com cinqüenta pistas (26 no andar superior, existentes até hoje) e mais 24 no piso térreo, as quais foram transferidas em 2006 para o Tiger Bowling, também na capital paulista.

A colocação final na divisão masculina foi a seguinte:
Campeão: Patrick Healey, Jr., Estados Unidos
Vice-campeão: Nobuyuki Takahama, Japão
3.o lugar: Daniel Falconi, Méxic.
Jogos Finais:
1. Patrick Healey USA ganhou de Nobuyuki Takahama por 237 a 222
2. Nobuyuki Takahama ganhou de Daniel Falconi por 237 a 179
3. Daniel Falconi ganhou de Jack Guay por 244 a 190
4. Jack Guay ganhou do super-campeão mundial Paeng Nepomuceno por 219 a 194
O representante brasileiro foi Hikari Kato que ficou na 40.a posição com 4456 pontos.

A divisão feminina ficou assim:
Campeã: Gemma Burden, Inglaterra
Vice-campeã: Kendra Cameron, Estados Unidos
3.o lugar: Susanne Olsson, Suécia
Jogos Finais:
1. Gemma Burden ganhou de Kendra Cameron por 197 a 175
2. Kendra Cameron ganhou de Susanne Olsson por 165 a 142
3. Susanne Olsson ganhou de Jeanette Baker por 170 a 162
4. Jeanette Baker ganhou de Lupita Gongora por 178 a 157
A brasileira Dayse Silva ficou na 18a. posição com 7625 pontos.

Vejam o vídeo da final masculina, ocorrida no par de pistas 5-6 entre Takahama e Healey. É possível identificar o técnico norte-americano Fred Borden, o ex-presidente da Federação Paulista José Carlos Marin, de barba e fones de ouvido, o Sr. Richard, ex-proprietário do Planet , entre outros.

A final feminina entre Cameron e Burden

AOS AMIGOS… E INIMIGOS:

MOSTRO COM RESPEITO E PREOCUPAÇÃO.
VEJAM COM ATENÇÃO E REFLITAM.

O NOVO SITE DO CLUBE CAMPINEIRO (SP)

O Fábio Cunzolo mandou essa dica: acabaram de colocar no ar o novo site do Clube Campineiro de Boliche, do qual ele é o Presidente. Visitem sempre porque está muito bem feito e atraente (o link está no final dessa nota).

Lá você vai encontrar notícias desse simpático clube de Campinas/SP, relação dos atletas (com foto e breve currículo), link para se filiar, Resultados, Comentários, Galeria de Fotos, etc. Logo, logo teremos a Coluna do James (Bradfield).

O clube é presidido, como já escrevi, pelo Fábio, que tem o Douglas Júnior como Vice-presidente, o James como Diretor de Marketing, o Ronaldo Vieira como Diretor Administrativo e Financeiro. O Diretor Técnico é Tarik Nagib El Kadri (vê se cuida da saúde, hein Tarik?).

Parabéns moçada e sucesso!

Clique aqui e visite o Clube Campineiro de Boliche…

III TAÇA PINHEIROS (SP)

O Esporte Clube Pinheiros, tradicional clube paulistano, através do seu diretor de boliche, Geraldo Couto, organizou a III Taça Pinheiros, realizada anualmente no Planet Bowling, na capital paulista. As quatro rodadas ocorreram nos dias 3 e 4, 17 e 18 de maio. No total participaram 90 atletas (20 na divisão feminina e 70 na divisão masculina) que formaram 5 duplas em cada uma das duas divisões femininas. Na 1.ª divisão masculina participaram 12 duplas, na 2.ª divisão foram 11 duplas e na 3.ª divisão foram 12 duplas.

As disputas terminaram na tarde desse domingo.

Marcelo Suartz & Renan Zoghaib foram os campeões da 1.ª Divisão Masculina com 8488 pontos. João Carneiro & Felipe Rezende foram os vice-campeões (8263), seguidos por Celso Azevedo & Eduardo Issa (8070). Naná Miyabara & William Hideki ficaram fora da zona de premiação por apenas 7 pinos. O campeão do All Events individual foi o jovem talentoso Marcelo Suartz (4247 pontos em 20 partidas, média de 212,35), 6 pontos a frente de outro “garoto” das pistas: Renan Zogahib, que ficou com o vice-campeonato (4241 – 212,05) devido a uma incrível penúltima partida de apenas 139 pontos. Outro jovem destaque ficou na terceira posição: William Hideki com 4178 pontos (208,90). A maior partida (297) foi de Eduardo Issa. A maior série de 5 partidas (1222) foi de Renan Zoghaib (244,40 de média).

Janice Couto & Stephanie Martins ganharam a 1.ª Divisão Feminina com 7273 pontos, 247 pontos a mais que as vice-campeãs Dê Luqueti & Kátia Abrão (7026). Roseli Santos & Gardênia Chaves ficaram na terceira colocação (7009). A campeã do All Events individual foi Stephanie Martins (3688 – 184,40), que também bateu a maior partida (254) e maior série (1015 – 203,00) seguida por Roseli Santos (3620 – 181,00) e Dê Luqueti (3611 – 180,55).

Rogério Arkie & Fernando Resende venceram a 2.ª Divisão Masculina com 7674 pontos, apenas 27 a mais que os 7647 dos vice-campeões Ademir Medina & Fernando Bueno. Em terceiro ficaram Flávio Alonso & Mauro Sato (7500). O campeão do All Events individual foi Jota Jota (3944 – 197,20). O vice-campeão foi Fernando Bueno (3839 – 191,95) que também fez a maior série (1062 – 212,40). Renato Kim ficou com o terceiro lugar (3745 – 187,25). A maior partida foi do mineiro perfeito Júlio Costa (300 pontos).

Maria Santos & Neuza Kae foram as campeãs da 2.ª Divisão Feminina com 6624 pontos. As vice-campeãs com 6588 pontos foram Marina Suartz & Suely Soubihe. Na terceira posição ficaram Marli Cristófalo & Fátima Maria (6413). Kátia Abrão foi a campeã do All Events individual com 3415 (170,75). Renata Campos foi a vice-campeã com 3336 (166,80) e também fez a maior partida (224) e a maior série (954 – 190,80), seguida por Maria Santos (3270 – 163,50).

O All Events individual da 3.ª Divisão Feminina ficou com Neuza Kae (3354 – 167,70), seguida por Carla Cassavia (3305 – 165,25). Ambas fizeram as maiores partidas (214). Na terceira posição ficou Suely Soubihe (3009 – 150,45). Thais Bueno fez a maior série (891 – 178,20).

Na 3.ª Divisão Masculina, André Pak & Tony Chu foram a dupla campeã com 7066 pontos, seguidos por Orlando D´Àurea & Ailton Santos (6965) e Sergio Sá & Fabio Reinbold (6952). No All Events individual o campeão foi Licínio Coelho (3891 – 194,55), que também fez a maior série da divisão (1031 – 206,20), seguido por Cristian Soto (3664 – 183,20) e Tony Chu (3612 – 180,60). Ricardo Filgueiras e André Pak fizeram a maior partida (246).

No All Events individual da 4.ª Divisão Masculina o campeão foi André Onomura (3455 – 172,75), que também fez a maior série (929 – 185,80), seguido por Paulo Martins (3438 – 171,90) e Orlando D´Áurea (3432 – 171,60). A maior partida foi de Wagner Cerchiai (235).

Clique aqui e faça o download dos resultados finais, em planilhas Excel gentilmente cedidas por José Luiz Veiga.

731.995.º… MAS SEMPRE MELHORANDO!

Segundo a empresa ALEXA (www.alexa.com) o site mais visitado do mundo é o http://www.yahoo.com (sobre procura e conteúdo, Estados Unidos), depois vem:
2. http://www.google.com (procura e conteúdo)
3. http://www.youtube.com (vídeos)
4. http://www.live.com (procura e conteúdo)
5. http://www.msn.com (programa de relacionamento)
6. http://www.myspace.com (rede de relacionamento)
7. http://www.wikipedia.org (enciclopédia virtual)
8. http://www.facebook.com (rede de relacionamento)
9. http://www.blogger.com (blogs gratuitos)
10. http://www.yahoo.co.jp (procura e conteúdo, Japão)
11. http://www.orkut.com (rede de relacionamento)
12. http://www.rapidshare.com (downloads)
13. http://www.baidu.com (procura e conteúdo, China)
14. http://www.microsoft.com (empresarial)
15. http://www.google.co.in (procura e conteúdo, Índia)

Os mais visitados do Brasil são

1. Orkut
2. Google Brasil
3. Microsoft Network (MSN)
4. Universo Online
5. Yahoo!
6. Google
7. YouTube
8. Terra
9. Windows Live
10. Globo.com
11. IG
12. MercadoLivre Brasil
13. Blogger.com
14. Rapidshare.com
15. Fotolog.com

O nosso querido Boliche Online está na 731.995.ª posição mundial e na 26.388.ª aqui no Brasil.
[img:alexa731995.jpg,thumb,vazio]
Ruim? Que nada! Estamos muito bem
o COB (www.cob.org.br) está na 793.618.ª posição mundial,
a FPBOL (www.fpbol.org.br) está na 4.893.832.ª, melhor que
a CBBOL (www.cbbol.org.br) que está na 9.619.700.ª.

Faz tempo que a nossa média diária supera com folga a marca dos 2.000 visitantes. Nada temos que lamentar, só agradecer a cada uma das bem-vindas visitas dos fãs do boliche.

Obrigado à todos!

PS: Quer conferir o posicionamento de alguns sites com mais detalhes? Então clique aqui…

BOLICHEMANIA (3): BOCA DE BOLICHE

Uma vez escrevi uma matéria sobre o condicionamento do II Campeonato Brasileiro de Duplas, apelidando-o de Banguela… Meia-boca… por aí…

Parece que alguém se inspirou na análise que fiz e criou isso aqui… rs
[img:bocadeboliche.jpg,resized,vazio]
Ou seja, se não fizer uma boa higiene bucal (limpeza do pindeck), o que sobra pra gente é essa “dentição” esquisita aí… toda “splitóide”!

PS: Fica aí a dica para procurarem as empresas que prestam serviços odontológicos e conseguirem um patrocínio, ou para eventos, ou para o próprio boliche. Esse aí é o Krüger Druck+Verlag, da Alemanha. Aqui tem a IMBRA (www.imbra.com.br). Que tal, hein, hein?

BOLICHEMANIA (2): A STRIKEBIKE

INTERNATIONAL BOWL EXPO 2008
21 a 27 de Junho – Orlando, Flórida – Estados Unidos

No dia 25 de junho, quarta-feira, das 8h as 10h no Hotel Rosen Shingle Creek e Resort, a famosa família Teutul, do programa American Choppers, promete apresentar uma motocicleta estilizada, super especial, já batizada como Strikebike.

A informação é da Associação dos Proprietários de Boliche da América (BPPA), que organiza a I.B.E. 2008.

Os integrantes do “American Chopper”, programa dedicado a motocicletas exibido pelo canal People + Arts, são mundialmente conhecidos como “os magos das motocicletas”, são as estrelas do Orange County Choppers (OCC), programa de televisão sobre os Teutls, grupo que fabrica motos personalizadas, liderados pelo exótico patriarca Paul Senior. Eles começaram o negócio de motos estilizadas em 1999 em Orange County, Nova Iorque. Entre os clientes famosos deles estão a Microsoft, a Caterpillar, o Exército e a Força Aérea Norte-Americana, além de inúmeras celebridades.

A Strikebike produzida pelo OCC deverá ter um programa especial a ser apresentado posteriormente na TV.

A International Bowl Expo é o principal evento da indústria para os proprietários e operadores dos centros de boliche, bilhar e proshops em todo o mundo. Clique aqui e visite o site oficial…

(foto, da esquerda para a direita: Paul Teutul Senior, Paul Junior e Mikey)
[img:american_choppers.jpg,resized,vazio]

BOLICHEMANIA (1): O BOWLINGPINCAR

Se não chover ou fizer muito sol, taí um meio de transporte ideal para o bolichemaníaco…

TEMPO TÃO FELIZ… (5)

CARCARAWeb“ESTORIETA ESPORTIVA – BOLICHE
(da série Arqueológica do Blog do Fernando Cals, publicada lá em 12.10.2004)

1964, dezembro, batizado da minha primeira filha, Andréa, o boliche estava em alta. No Rio e em São Paulo os boliches, todos em condições precárias (isso eu veria bem mais tarde, quando começaram a aparecer os boliches de qualidade, automáticos, de competição), pululavam pelo Rio todo. Mais ou menos umas quinze casas do gênero. Era o barato da época!

Comecei meio sem querer, pois ainda não havia assimilado bem a idéia de arremessar uma bola de mais de sete quilos, pela noite a fora. Resistia aos convites. Mas, nesse dia do batizado da Andréa, com amigos e primos que já jogavam, fui (fomos, eu e Verinha) jogar no boliche Gávea.

Como nunca havia jogado, além de observar alguns caras que jogavam bem, tentei ver qual a semelhança com algum dos esportes que praticara. Imediatamente fiz uma analogia com o basquete, achando que a corrida para o arremesso do boliche tinha algo a ver com a bandeja do basquete e fui me ajeitando. Já no fim da noite, não jogava mais a bola na canaleta.

Nunca mais parei de jogar boliche, esporte que pratiquei até o ano 2001 quando mudei para Correas e, dadas as péssimas condições das pistas locais, arquivei bolas, sapatos, luvas e demais “geringonças” do jogo. Com muita pena, pois adorava jogar boliche.

Dessa data, meu primeiro encontro com o boliche, foi um pulo para eu começar a me interessar pelos campeonatos. Jogava bem, tinha uma boa disponibilidade física e entrei nas primeiras equipes oficiais dos boliches da época. Joguei primeiro na equipe do Pax, boliche de Ipanema, depois fizemos um equipe, Gemini 5, com minha mulher, minha irmã e meu cunhado, todos nascidos sob o signo de Gêmeos. Pura e gostosa brincadeira.

A partir daí, a coisa ficou séria, alguns amigos formaram uma equipe, fui convidado e… foi um pulo! Nascia o Carcará; e deu certo! Muito certo!

O CARCARÁ!!!
No primeiro Rio/São Paulo do esporte (já começavam a existir as Federações e clubes de boliche), disputamos bem, mas chegamos em quarto lugar. Ganhou uma equipe de São Paulo, se não me engano, do Corintians. Grande equipe!

Ficamos ligados e montamos, para o Rio/SP de 1970, uma equipe mais forte, apoiada no grupo básico inicial (Guido, o fundador, Felipe, Bob e Fernandão), trouxemos um cara que era (foi durante muito tempo) um dos craques da modalidade, Toninho Carvalho, incorporamos o Costa, grego engraçadissimo e bom jogador, veio o Ivan (o Doutor), um médico que jogava esquisitamente, mas muito eficiente, e fomos a luta.

CarcaraAnos70RioSP2Web

A EQUIPE!

Moral da estória: ao fim de quatro meses de disputas, fomos campeões com quatro rodadas de antecedência, dando início ai, a hegemonia do Carcará, no Rio e no Brasil, até meados dos anos 90.

Muitas vitórias e muita estória pra contar.