Arquivo do dia: 12/11/2008

44.ª COPA MUNDIAL (21): AS 24 MELHORES MULHERES

7 a 15 de novembro de 2008
Hermosillo, México – Boliche Bol 300

A fase classificatória das mulheres terminou na manhã desta quarta-feira. Todas as 24 classificadas fizeram média acima dos 200 pontos. A média geral das 63 participantes foi 192,50.

Jasmine Yeong-Nathan, 20 anos, da seleção nacional de Cingapura foi a líder com folga ao final das 24 partidas com a ótima média de 228,21 (5477 pontos, 675 a mais que a 24.ª colocada), e a maior partida dela foi perfeita (300).

Na defesa do título que ganhou no ano passado, a australiana Ann-Maree Putney começou bem o último dia dessa fase com um sólido 280 e terminou no segundo lugar com 5370 pontos (223,75).

A colombiana Sara Vargas, que fez o primeiro dos três 300 femininos, até agora, conseguiu manter a quinta posição com 5212 pontos (217,17).

Agora elas jogarão 8 partidas na manhã dessa quinta-feira, carregando a pontuação até agora, para definirem as 8 melhores. Então as 8 classificadas jogam 8 partidas no sistema round-robin para definirem as 3 finalistas.

As finais serão exibidas ao vivo pela televisão mexicana (TelMex). O Sport Channel Eurosport2, também programou a transmissão para esta sexta-feira (22h30).

A Classsificação ficou assim

(posição, nome, país, pontos após 24 partidas, média, diferença para a 24.ª)
1.ª – Jasmine Yeong-Nathan, Cingapura, 5477, 228.21, 675
2.ª – Ann-Maree Putney, Austrália, 5370, 223.75, 568
3.ª – Helén Johnsson, Suécia, 5364, 223.50, 562
4.ª – Krista Pöllänen, Finlândia, 5345, 222.71, 543
5.ª – Sara Vargas, Colômbia, 5212, 217.17, 410
6.ª – Zara Glover, Inglaterra, 5196, 216.50, 394
7.ª – Lisanne Breeschoten, Holanda, 5191, 216.29, 389
8.ª – Tina Hulsch, Alemanha, 5149, 214.54, 347
9.ª – Isabelle Sacco, França, 5122, 213.42, 320
10.ª – Anne Gales, Dinamarca, 5111, 212.96, 309
11.ª – Laura Rhoney, Escócia, 5100, 212.50, 298
12.ª – Marie Ramirez, Costa Rica, 5093, 212.21, 291
13.ª – Jennifer Park, Canadá, 5067, 211.13, 265
14.ª – Shannon Pluhowsky, Estados Unidos, 5067, 211.13, 265
15.ª – Esther Cheah, Malásia, 5045, 210.21, 243
16.ª – Ayano Katai, Japão, 4976, 207.33, 174
17.ª – Ann Louise Haugen, Noruega, 4946, 206.08, 144
18.ª – Kang Hyun-Jin, Coréia, 4912, 204.67, 110
19.ª – Edissa Andrade, Panamá, 4894, 203.92, 92
20.ª – Patricia Klug, Àustria, 4892, 203.83, 90
21.ª – Ingellimar Contreras, Venezuela, 4868, 202.83, 66
22.ª – Aumi Guerra, República Dominicana, 4837, 201.54, 35
23.ª – Michelle Ayala, Porto Rico, 4837, 201.54, 35
24.ª – Katrien Goossens, Bélgica, 4802, 200.08, 0

A chinesa que fez 300 não conseguiu classificar-se pois ficou na posição
25.ª – Cookie Lee, Hong Kong, 4780, 199.17, -22

As demais que ficaram fora:
26.ª – Nina Burmistrova, Ucrânia, 4767, 198.63, -35
27.ª – Beatrix Pesek, Hungria, 4703, 195.96, -99
28.ª – Kimberly Lao, Filipinas, 4681, 195.04, -121
29.ª – Belinda Tan, Nova Zelândia, 4678, 194.92, -124
30.ª – Myria Kastori, Chipre, 4664, 194.33, -138
31.ª – Teresa Fasano, Itália, 4657, 194.04, -145
32.ª – Astrid Carlín, Peru, 4644, 193.50, -158
33.ª – Mor Aviram, Israel, 4620, 192.50, -182
34.ª – Galina Maslova, Rússia, 4618, 192.42, -184
35.ª – Aida Granillo, El Salvador, 4578, 190.75, -224
36.ª – Gabriela Padilla, México, 4565, 190.21, -237
37.ª – Daria Pajak, Polônia, 4535, 188.96, -267
38.ª – Tatjana Kozemjakina, Letônia, 4532, 188.83, -270
39.ª – Bigi Manico, Suiça, 4496, 187.33, -306
40.ª – Michaela Blažeková, Eslováquia, 4488, 187.00, -314
41.ª – Veronica Solozhenkina, Cazaquistão, 4484, 186.83, -318
42.ª – Samy-Anna Saba, Egito, 4478, 186.58, -324
43.ª – Filomena Choi, Macau, 4464, 186.00, -338
44.ª – Susette Croes, Aruba, 4432, 184.67, -370
45.ª – Christine Robinson, Irlanda do Norte, 4427, 184.46, -375
46.ª – Uliana Grosu, Moldóvia, 4424, 184.33, -378
47.ª – Daiva Perminiene, Lituânia, 4393, 183.04, -409
48.ª – Dominique Merlo, Reunion, 4321, 180.04, -481
49.ª – Justina Sturrup, Bahamas, 4302, 179.25, -500
50.ª – Orquidea Cerca, Portugal, 4299, 179.13, -503
51.ª – Alexandra Zorba, Grécia, 4267, 177.79, -535
52.ª – Karmen Lukša, Eslovênia, 4201, 175.04, -601
53.ª – Blanka Hanusikova, República Checa, 4181, 174.21, -621
54.ª – Katia Abrao, Brasil, 4053, 168.88, -749
55.ª – Mariem Naloufi, Tunísia, 4001, 166.71, -801
56.ª – Sue Thomas, Ilha de Wales, 3954, 164.75, -848
57.ª – Rafaela Sanchez, Catalônia, 3937, 164.04, -865
58.ª – Paloma de la Barrera, Espanha, 3919, 163.29, -883
59.ª – Herodawit Desalegn, Etiópia, 3900, 162.50, -902
60.ª – Chantelle Jones, Ilha de Guernsey, 3834, 159.75, -968
61.ª – Lola Madraimova, Uzbequistão, 3788, 157.83, -1014
62.ª – Isabelle Moinet, Guiana Francesa, 3736, 155.67, -1066
63.ª – Antonieta Costa, Açores, 3528, 147.00, -1274

Anúncios

44.ª COPA MUNDIAL (20): 3.º DIA – HOMENS

7 a 15 de novembro de 2008
Hermosillo, México – Boliche Bol 300

O norte-americano Derek Eoff manteve a liderança ao final do terceiro dia de competições, com a média de 227,66.

O canadende Jack Guay pulou para a segunda posição graças a maior série dele até agora (1397 – 232,83 de média). Jack foi o primeiro a fazer uma partida perfeita na Copa Mundial Qubica AMF, aqui mesmo em Hermosillo, só que na 30.ª edição em 1994. No ano seguinte ele entrou novamente para a história com o segundo jogo perfeito, em São Paulo, no Planet Bowling.

Os 24 melhores até agora são:

(posição, nome, país, pontos após 18 partidas, média e diferença para o 24.º)
1. Derek Eoff, Estados Unidos, 4156, 230.89, +422
2. Jack Guay, Canadá, 4053, 225.17, +319
3. Hussain Al-Suwaidi, Emirados Árabes, 4030, 223.89, +296
4. Martin Larsen, Suécia, 4005, 222.50, +271
5. Zulmazran Zulkifli, Malásia, 3965, 220.28, +231
6. Rodolfo Corona, México, 3938, 218.78, +204
7. Paul Stott, Irlanda, 3916, 217.56, +182
8. Jimmy Mortensen, Dinamarca, 3907, 217.06, +173
9. Sami Konsteri, Finlândia, 3902, 216.78, +168
10. Francois Sacco, França, 3886, 215.89, +152
11. Luis Rodríguez, Porto Rico, 3881, 215.61, +147
12. George Frilingos, Austrália, 3869, 214.94, +135
13. Pithakvarakorn Phiriyahbhoon, Tailândia, 3838, 213.22, +104
14. Andres Fallas, Costa Rica, 3816, 212.00, +82
15. Leonidas Maragkos, Grécia, 3800, 211.11, +66
16. Zilvinas Perminas, Lituânia, 3800, 211.11, +66
17. Nikita Koshelev, Rússia, 3798, 211.00, +64
18. Hans-Jürgen Müller, Alemanha, 3787, 210.39, +53
19. Mads Sandbækken, Noruega, 3781, 210.06, +47
20. Adrian Judd, Nova Zelândia, 3771, 209.50, +37
21. Erwin Pascual, Espanha, 3758, 208.78, +24
22. Choi Won-Young, Coréia, 3755, 208.61, +21
23. Shaun Macloed, Escócia, 3738, 207.67, +4
24. Jonathan Hocsman, Argentina, 3734, 207.44, 0

Com chances de entrarem na zona classificatória estão:
25. Chris Vandamme, Bélgica, 3729, 207.17, -5
26. Francisco Sanchez, El Salvador, 3713, 206.28, -21
27. Marek Przezpolewski, Pôlônia, 3713, 206.28, -21
28. Ryan Press, Northern Irlanda, 3706, 205.89, -28
29. Lee Yu-Wen, Cingapura, 3680, 204.44, -54
30. Maarten Pittens, Holanda, 3660, 203.33, -74
31. Guy Caminsky, África do Sul, 202.78, -84
32. Kairat Baibolatov, Cazaquistão, 3649, 202.72, -85
33. Mubarak Al Muraikhi, Qatar, 3649, 202.72, -85
34. Karel Kutina, República Checa, 3646, 202.56, -88
35. Kent Li, Hong Kong, 3641, 202.28, -93
36. Jon Ingi Ragnarsson, Islândia, 3641, 202.28, -93

Com poucas chances estão:
37. Omer Oren, Israel, 3621, 201.17, -113
38. Abdul Hakim Al Saud, Arábia Saudita, 3612, 200.67, -122
39. Katunori Hamada, Japão, 3608, 200.44, -126

À espera de um milagre estão:
40. Lorenzo Young, Panamá, 3600, 200.00, -134
41. Nick Froggatt, Inglaterra, 3598, 199.89, -136
42. Manino Fernandez, República Dominicana, 3597, 199.83, -137
43. Edmunds Jansons, Letônia, 3596, 199.78, -138
44. Jeffrey Carabeo, Filipinas, 3585, 199.17, -149
45. Hernan Ramirez, Venezuela, 3578, 198.78, -156