CAMPEONATO PAULISTA DE DUPLAS: 2.º DIA

logo_fpbol12-13 e 19-20 de setembro de 2009
Planet Bowling e Tiger Bowling
São Paulo/SP

RESULTADOS – 2.ª RODADA (12 PARTIDAS)

Na manhã/tarde deste domingo tiveram sequências as disputas no Campeonato Paulista de Duplas.

O grande destaque individual foi o desempenho do atleta do Clube Gladiators, Renan Zoghaib, três vezes finalista da Copa Brasil Qubica AMF, a qual ganhou no ano passado, quando foi ao México, Hermosillo, participar da 44th Qubica AMF Bowling World Cup.

Renan fez a maior série entre todos no primeiro dia, 1372 pontos (228,66 de média). Neste segundo dia, Renan começou com duas partidas fracas (179 e 166), mas recuperou-se de forma espetacular nas partidas seguintes, ao fazer 279, 276, 236 e 247, totalizando 1383 pontos na rodada (230,50 de média), a nova maior série do campeonato.

Mário Farias, do Clube Morumbi, também teve um desempenho destacado, inclusive chegando perto da partida perfeita, quando fez 289 pontos, a maior partida do evento até agora. Mário fez 289, depois 213, 215, 194, 210 e 211 (1332 pontos, média de 222,00), a segunda melhor média do dia que o fez saltar da 13.ª para a 3.ª posição.

Clique nos links abaixo para fazer o download das planilhas completas.

> PLANET BOWLING

> TIGER BOWLING

(colaborações: Jota Jota, no Planet, e Cris Sebulka, no Tiger)

Anúncios

14 Respostas para “CAMPEONATO PAULISTA DE DUPLAS: 2.º DIA

  1. Parabém ao Sr. Bira, pela agilidade das informações.
    Isto é uma forma de respeito e competencia.

    Abraço

  2. SERGIO SAMPAIO

    BIRA PARA PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO PAULISTA, ALÉM DE COMPETENTE,ATENCIOSO,ALEGRE E DIVERTIDO, E RECEM CONVERTIDO.

  3. fabio luiz silva

    nunca joguei em um boliche tao terrivel como o tiger que pena que nao sabia que seria la o jogo,nao jogaria nem se o premio fosse um milhao,tomara que seja o ultimo jogo naquele boliche

    • Fábio
      Seria bom você detalhar mais sua insatisfação, porque as 1.ªs e 2.ªs divisões paulistas jogaram a Taça Gladiators lá no Tiger e a maioria dos participantes aprovou a nova experiência. Alguns até sugeriram que a FPBOL usasse mais o Tiger nos campeonatos.
      Bira

  4. Tb digo o mesmo com relaçao ao Tiger, eu acho que seria muito mais prudente todos jogarem nas mesmas condiçoes, nao interessando a divisao. Seria muito melhor o segundo turno no planet, do que passar 6 linhas por dia, brigando com a pista….terrivel

    • Antonio
      Além do que eu disse acima ao Fábio, acrescento que existe um limite de pistas, jogadores e turnos nas negociações com o dono do boliche. Já joguei no Tiger em duas competições, Copa Qubica AMF no ano passado e a Taça Gladiators nesse ano e vejo a situação de forma diferente: trata-se de um desafio a ser vencido. Até porque as 24 pistas do Tiger eram as do piso térreo do Planet. Considero as pistas do Strike Bowling (no Shopping Interlagos) muito mais “exigentes” que essas, pois dificilmente consigo altas partidas lá mas, depois de treinar ou jogar algum torneio no Interlagos, minha precisão e rendimento aumentam muito quando vou a outros boliches.
      Bira

  5. Então deixo aqui meu muito obrigado a este casal de barrigudinhos. rssssss
    Que está suprindo a falta de um dos mestres nesta área, com muita competencia.

    Parabéns

  6. Celso Azevedo

    É verdade Bira.
    O Interlagos é tão ou mais difícil do que o Tigers.
    O problema é que a grande maioria dos jogadores está acostumada com as facilidades do Planet ou Center Norte, com uma margem muito grande de erro.
    Sou a favor de rodizios em todos os boliches.
    Quanto mais seletivo o programa de oleo, mais o jogador tem que se aprimorar tecnicamente.

  7. Fábio Chemin

    Concordo com o Celso e o Bira. Quer aprender lidar com dificuldades na pista? Vai no Interlagos, qdo vc treina lá seu jogo melhora sensivelmente em outros boliches, o Center Norte é só jogar pra fora que ela bate no muro e volta dando uma ideia ilusoria ao atleta em relação as médias mas, pra mim, no Tiger tá legalzinho além de muito bunitinho…….abçs

  8. fabio luiz silva

    com certeza acho o rodizio de boliches perfeito,todos atletas jogarem nos mesmos boliches

    abraço

    • Como eu disse antes, Fábio, existe um limite de pistas, jogadores e turnos nas negociações com o dono do boliche. Nem sempre é possível que todos joguem no mesmo boliche. Por exemplo, quando o dono do boliche não aceita segundo turno.

  9. Também concordo em jogar em vários condicionamentos, para nos aprimorarmos mais tecnicamente. E levando em consideração o que o Bira falou concordo também, porque treinamos bastante no Interlagos. Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s