XXX TAÇA SP: DEFINIDO O CONDICIONAMENTO

A trigésima edição da tradicional Taça de Boliche Cidade de São Paulo será em homenagem ao saudoso José Luiz Veiga, falecido em 15 de maio do ano passado.

Segundo nota divulgada pelo Presidente da FPBOL, Wagner Cerchiai, foi definido pelo diretor técnico da Federação, Benê Villa, que o condicionamento das pistas será feito conforme o programa de óleo a 41 pés. Wagner declarou ainda que Benê, após vários testes, ficou satisfeito com o resultado desse programa nas pistas, buscando maior qualidade técnica no desempenho dos participantes.

Anúncios

2 Respostas para “XXX TAÇA SP: DEFINIDO O CONDICIONAMENTO

  1. O que é que o Programa 17 de óleo a 41 pés vai acrescentar a, possivelmente, mais de 80% dos atletas, que como eu, participam das Taças por mera diversão?

  2. Wagner Cerchiai

    Olá Carlos Alberto, tudo bem?
    Nossa proposta é criar uma condição técnica mais real, o que quer dizer isso? O boliche é uma diversão sim, e muito legal, para mim e creio que para todos. Estamos acostumados a programas de óleo conhecidos, aos quais já estamos acostumados com as suas características, para esta taça São Paulo, decidimos elevar o nível técico das pistas, para ficar mais alinhadas com as condições que encontramos fora de São Paulo, como Rio, Minas e outros. Fora isso, as pistas de São Paulo são muito diferentes entre si, mesmo sabendo que o Tiger é a parte de baixo do Planet. Com esse programa, encontramos maior uniformidade entre as pistas.
    abraço,
    Wagner

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s