A FEDERAÇÃO PAULISTA DE BOLICHE PEDE DESCULPAS

Declaração Oficial da Federação Paulista de Boliche

A FPBOL em nome de sua diretoria gostaria de se desculpar com todos os filiados à FPBOL e principalmente com o Caco Cruz, pelo programa de óleo utilizado no Striker Play sito no Shopping Granja Vianna.

Foi definido pela diretoria da FPBOL, que as condições da pista no novo Boliche deveriam ser muito fáceis, ou seja, que permitissem um jogo de boliche sem dificuldades, bastante arremate e áreas diversas de jogo.

Infelizmente por desconhecimento da máquina e pelo fato de não termos consultado o Caco, o qual, além de proprietário, foi durante muito tempo Diretor Técnico da CBBOL e, diga-se de passagem, um dos melhores se não o melhor até hoje.

O resultado foi lastimável, fato que se manifestou nas médias de todas as divisões.

Ressaltamos que o Striker Play Granja Vianna é o melhor boliche de São Paulo, junto ao outro do mesmo grupo, o Villa Bowling, e que o mesmo não se trata de um boliche difícil mas sim, novíssimo, com pistas muito iguais, com um ambiente incrível, mas que infelizmente assume as características ruins do programa escolhido o que é para acontecer com uma máquina de óleo nova e de sistema de cabeçote e não de rolo.

Particularmente, eu, Wagner Cerchiai, como presidente da FPBOL, estava agendado para ir nos dois dias de trabalho no Striker Play, quando dos testes do óleo, mas tive compromissos de trabalho inadiáveis nos dois dias e também não pude sequer treinar antes de jogar lá.

Desta forma, quando foi realizada a primeira rodada e se constatou o problema, nada podia ser feito se não continuar até o fim sem qualquer alteração no condicionamento.

(a) Diretoria – FPBOL

Anúncios

56 Respostas para “A FEDERAÇÃO PAULISTA DE BOLICHE PEDE DESCULPAS

  1. Douglas Gervasio Souza Jr

    Caro Wagner!
    O Casa de Boliche é linda, com funcionários competentes e a comida é ótima com um preço honesto e o que foi difícil para um foi para todos. Sou um atleta de 3ª divisão com pouquíssimo conhecimento técnico. Porém acredito que nosso pessoal não pode viver num mundo de conto de fadas. Achei muito bom termos um condicionamento que levou muitos atletas a rever o quanto estão preparados para adversidades.
    Douglas Jr.

  2. Oi amigo Bira,
    Vi o resultado desse óleo mal aplicado no desempenho do atletas.
    Morando na Granja, próximo, pois, ao Striker e procurando rever os amigos do boliche – não os via fazia mais de 10 anos – notei a dificuldade dos arremessos e a pouca, digamos, “intimidade” que as bolas encontravam em chegar, em boas condições nos queridos pinos.
    Ainda não experimentei o novo boliche, mas espero que ele tenha melhores condições quando eu o fizer… senão, 10 anos depois, acho que não volto mais a jogar boliche, rsrsrsrsrs
    abração
    Fernando (Fernandão) Cals

  3. Renan Zoghaib

    Eu, como “Diretor Técnico” e como jogador, assumo que o programa escolhido não era fácil, porém não era impossivel.
    Quando a diretoria da FPbol me pediu para escolher um programa facil, primeiramente discordei, fui até o Granja, coloquei o programa que foi jogado, e joguei algumas linhas sem dificuldades.
    O óleo foi perfeitamente aplicado, o que não foi e não é aplicado somos nós jogadores, que só vamos nos boliches em dias de campeonatos.
    Exemplo é a seletiva que teve agora para os jogos Pan-Americanos, olha a diferença de um jogador aplicado e jogadores não aplicados que foi o caso do Marcelo Suartz, que poderia não jogar as 4 ultimas partidas que mesmo assim estaria classificado.
    Acho que em campeonatos paulistas devemos usar programas com grau de dificuldade elevado, assim como em Brasileiros e Taças homologadas.
    Não podemos continuar a nos dirigir no boliche como um centro de recreação, senão nunca sairemos do fundo do poço que é onde nós estamos!
    Agora pedir desculpas aos atletas não vejo o porquê, essa carta foi publicada sem eu ter conhecimento.
    Tem tantas outras coisas que se deve pedir desculpas, e não quanto ao condicionamento usado, tipo pessoas bebendo com camiseta de clube, pessoas que não tem o mínimo conhecimento, gritando e criando polêmicas enquanto outras pessoas estão jogando, falta de árbitros em campeonatos e uma infinidade de coisas.
    Se quisermos que o boliche seja levado a sério temos que evoluir.
    Tragam idéias e não só críticas!
    “Que graça teria a fórmula 1 se fosse uma reta só”

  4. Idéias, meu irmão? Não sei qtos anos vc tem, e a qtos joga boliche… Qdo comecei participar de torneios o ranking da CBBOL tinha + de 400 atletas, os torneios tinham 24 linhas + as finais, passei muito frio com o ar condicionado das 50 pistas do Planet… Na minha opinião duas coisas levaram nosso amado esporte virar o que virou: uma meia dúzia de “estrelas” da 1.ª e segunda divisão que insistem em ter duas ou mais pistas livres DE CADA LADO para jogar, e o famigerado “óleo difícil”. O jogo lento provocado pelas “estrelas” resultou em madrugadores torneios de 18 linhas e + caros que os de 4 dias… Agora, óleo difícil?! Com o argumento de que ele “melhorará o nível técnico”?! Até pode ser: vcs venham treinar aqui conosco que ainda treinamos com vaselina passada no rodo… Com certeza incomodarão os americanos! Agora vcs tem boliches NOVOS e vão estragá-los com óleo difícil?! Cara, isso é só “espanta-bolicheiro”!…
    Se vc passa um oleo fácil, um pangaré como eu vai bater 180 de média, e vcs os de ponta vão bater 220!!… Vcs teriam pangarés aos montes, o que significa + dinheiro… Todos sabemos que em torneios internacionais o mapa do óleo é publicado com bastante antecedencia, e vcs, atletas de elite, podem treinar nesse óleo bastante… PS: acho muito estranho a Federação pedir desculpas e vc não. Acho que vc deveria pedir para sair.

    • Renan Zoghaib

      Caro Luiz, tenho 25 anos, e jogo boliche a 6 anos.
      Não sei não, se a “cura” do boliche é ter “+400” pangarés e alguns reais a mais nos caixas das federações, será que essa é a saída???
      E durante esses seis anos já vi tanta coisa chata nesse esporte, que só não paro porque amo muito jogar boliche.
      E pode ter a absoluta certeza que a falta de atletas não é pelo óleo passado nas pistas, e sim por causa de dirigentes que não pensam em um trabalho para buscar novos atletas, há quantos anos estamos com os mesmos jogadores na seleção?Não estou desmerecendo nenhum que está lá, pois se estão lá é porque com certeza ainda são os melhores do Brasil.
      O que não falta são “bolicheiros” no Brasil, mas faltam jogadores de boliche, pessoas que se dedicam, que treinam, que ajudam o esporte a crescer!
      E não vou pedir desculpas porque não tem cabimento isso!
      Estava dificil sim, mas estava difícil para as 4 divisões!
      Seguindo seu raciocínio, cada torneio que os “pangarés” (citado por você) ou a ELITE não jogar bem em um determinado tipo de condicionamento, teremos que ficar esperando a Federação ou a CBBol, formalizar um pedido de desculpas????
      Parooo né!!
      Evolua!!!

  5. Voltei a jogar a pedido do diretor do meu clube, Geraldo Couto, depois de 3 anos sem nem pegar na bola, achei bem interessante o óleo utilizado no Striker Granja Vianna, tendo em vista que se tratava de um torneio oficial da federação, acho que foi de grande valia e evolução técnica para a maioria dos jogadores, que na maioria NUNCA treinam, acarretando um fraco desempenho de todos pela falta disso e também pela falta de conhecimento de óleos atípicos e fora do eixo PLANET/TIGER. Acho que o fato de recomeçar com novas clínicas e novos atletas e, talvez, devemos subdividir em dois segmentos: torneios técnicos e competitivos e os festivos e promocionais para a federação. Abraços

  6. Renan Zoghaib

    E amigo Luiz, acho que está certo talvez deva pedir pra sair mesmo!
    Temos muitos entendedores aqui, não preciso ser mais um, né?

  7. Wagner Cerchiai

    A todos os que estão comentando sobre o pedido de desculpas da FPBOL.
    A Diretoria da FPBOL decidiu que o programa de óleo seria fácil no Striker por vários motivos.
    A FPBOL na atual gestão, tratou de colocar novos programas nas máquinas do Planet e Tiger, por entender que os programas dessas máquinas eram muito iguais, dessa forma, objetivando melhorar as condições técnicas do nosso boliche.
    Nosso pedido de desculpas refere-se a uma simples questão: o programa que foi aplicado no Striker, não foi aquilo decidido pela diretoria da FPBOL e sim uma decisão arbitrária do então diretor técnico, decisão essa que não foi comunicada para a diretoria da FPBOL durante o processo de escolha e testes de programa.
    A diretoria da FPBOL reserva-se o direito de escolher o tipo de condicionamento das pistas que achar mais adquado para a competição e comunica que a partir de hoje, já tem o seu próprio óleo, AMF Utopia, o qual será utilizado nos boliches que não possuam óleo de alta densidade, desta forma pelo menos uma variável estará sob total responsabilidade da FPBOL.
    Wagner Cerchiai

  8. Wagner, parabéns pelo seu pedido de desculpas e pelo esclarecimento, no post acima, o mais importante é tentar fazer o melhor, sempre.
    abs,
    André

  9. Renan, gostaria de dar um pitaco.
    Acho que a discussão não é fazer Campeonato Paulista mais seletivo (concordo com isso) ou não, mas sim se a passagem saiu conforme o desejado ou pedido pelo presidente da federação. Se não saiu, você deve sim, pedir desculpas. Porque agiu por conta própria (de acordo com post acima). Concordo com outros pontos que você mencionou, como falta de árbitros, etc… Por mim as condições de óleo não importam, desde que seja igual pra todos, que vençam os melhores (de sempre) que treinam e se dedicam ao esporte. Pra finalizar, espero te rever em breve e conversaremos melhor.
    Abs,
    André

    • Renan Zoghaib

      André não saiu como a desejado pq as médias não foram altas!!!
      E não agi por conta própria, quando teve o primeiro teste dos programas, membros da diretoria estavam presentes, e jogadores da 1ª divisão tb.
      E ninguem reclamou inclusive apoiaram a minha decisão!
      Eu pediria desculpas, se o condicionamento não fosse igual para todos, mas não foi o caso.
      abraços e nos falamos em breve!

  10. Caco, seria possível melhorar as condições de “approach”?
    Estava muito travado, particularmente sofri demais com isso.
    Abraços,
    André

  11. Fabrício Kawakami (Tiger)

    Concordo com o André Pak, na minha opinião é só melhorar o approach do Striker e tá tudo bem…

  12. Não é “torneio técnico e torneio festivo”!… Não é óleo padrão!… É só óleo fácil E APPROACH LIMPO, para atrair pangarés, medianos e elite!!!…Todo mundo batendo bem, os pangarés e os medianos (grande maioria) terão o último estímulo para voltar a participar dos torneios madrugadores, curtos e cada vez + caros…
    Renan: você e o pessoal com sua técnica merecem nosso respeito e admiração, vocês são nossos ídolos, mas o fato de jogarem um ótimo boliche não lhes torna infalíveis e muito menos lhes dá o direito de terminarem de acabar com as divisões inferiores, que é o que está acontecendo. A não ser que vc deseje transformar o boliche na F1: são 24 no grid, não?!… Terei o prazer de vê-los na TV.

  13. Amigos do Boliche:
    Mesmo não tendo dados suficientes para dar uma opinião técnica, tenho sim, experiência dos DOIS tipos de boliche. De ANTES E DEPOIS das pistas sintéticas, do tempo das bolas de urethane, antes do viscoso e condensado oleo AMF Utopia, Conheço o Boliche de lá e de cá. Daí, minha opinião modesta:
    1- Nem nós, os pangarés de outras divisões e muito menos os da ELITE como dizem, treinamos o SUFICIENTE para reclamar de condicionamento, uma vez que ainda se pratica o boliche aqui, com rodos e cordinhas.
    2- 90% dos bolicheiros compram bolas pela cor. Assimetria e Simetria e linguagem futurista. Axis, pêndulo… Vixi! Compram bolas de uma característica, e furam para ter outro resultado. Usam bolas que “entram” muito nas linhas finais e outras que nada fazem nas primeiras linhas com óleo.. E vai por aí.
    3- A Federação decidiu? Executa-se! O DT decidiu mudar? Assuma e responsabilize-se. Ponto Final. Explicação não vai voltar ou mudar o resultado. Quem sabe, servirá como exemplo.
    4- O Boliche Striker é muito bom, moderno, técnico e com ótimo atendiemento. O Planet desde que voltei a jogar, NUNCA esteve tão limpo e arejado como agora. E eu sei que já compraram ar condicionado novo.
    5- O que falta, na realidade, é criar o tão usado GREED para atrair mais adeptos.
    6- Para terminar, lembrem-se: Presidente, Diretores, Assessores, colaboradores, etc, NÃO GANHAM ABSOLUTAMENTE NADA para manter A FP de Boliche e, convenhamos, escutam tanta reclamação, deixam de cuidar de seus próprios negócios para proporcionar a nós, reclamões, alguns fins de semana de lazer com nosso esporte favorito.
    Portanto, Senhores da Federação, OBRIGADO assim mesmo.

    • Grace Zoghaib

      Para certas pessoas evolução é obstáculo e o pódio tem que ter 10 degraus, realmente é lamentável. Parabéns pela sua coerencia.

  14. Renan, não desista de ser Diretor Técnico!!!!
    Errar e acertar faz parte.
    Nada como um dia após o outro.
    Um abraço.

  15. André Pak, você precisa trocar o seu Kichute !!!
    Existem uns novos recém lançados ( há uns 12 anos ) que trocam tanto a sola quanto o calcanhar.
    É para isso que servem aqueles sobrassalentes que vêm !!! Entendeu ?

    E tem mais, o Renan não tem que pedir desculpas coisa nenhuma !!!
    Muito pelo contrário, PARABENS RENAN, por manter o óleo exatamente o mesmo para todas as divisões.
    Em outros tempos, a primeira divisão que foi a última a jogar, teria um condicionamento diferente. Isso era normal acontecer, cansei de ver isso.
    Ou vocês já esqueceram isso ???
    No mais, concordo com o BI-BIRA (da tç SP), a discussão é (ou deveria ser) muito mais básica do que condicionamento. O condicionamento é um detalhe final de todo um processo de projetos e planejamento, o que há muito tempo não temos, o resto é só invertar justificativas para por a culpa nos outros.
    E bola (com abralon360) para frente … na tábua 10.

    • Grace Zoghaib

      CUIDADO… Por que será que você não reclamou? Seria porque talvez vc jogue muito ou o Renan é responsável pelo fracasso dos demais jogadores? Parabéns, você realmente merece.

  16. Pô Issa, eu calço 42, não sou orgulhoso, se quiser dar um par novo de presente…
    Leia direito o que escrevi, não reclamei nenhum momento da passagem de óleo, mas sim da “arbitrariedade ” de decidir o condicionamento. Agora manter a mesma passagem, é o mínimo para uma pessoa honesta. (Também sei das mudanças no passado).
    Reitero que concordo com condicionamento mais técnico para Campeonatos Paulistas.
    Grande abraço.

    André

  17. Pô Pak, vc merece muito mais que um simples sapatinho de boliche, mas o problema é que o Pedrão parece um bezerro, rsrsrs, entáo vai ficar para a próxima, he, he, he…

    O resto da mensagem não foi para vc.

  18. Renato Adriani

    hahahaha… como o Bira disse no mural, acho que ja vi essas reclamações serem apagadas em 1998.
    Por isso gosto de fazer parte dos “pangarés”, joguei mal todos os dias, me diverti bastante, fiz meus exercícios, e cheguei pronto na segunda-feira para trabalhar e pagar minhas contas, pq se eu não fizer isso, ninguém mais vai pagá-las… olha que beleza… rsrsrsr
    Eduardo Issa
    Muito obrigado pela dica da tábua 10 viu, foi ela que me ajudou bastante la no Strikker, pq por incrível que pareça, acho que foi minha melhor média… hahahahahahaha
    Cacão
    Está de parabéns pela casa.
    Biondi
    Que saudade das taças lotadas no Planet né?
    A única coisa que está acontecendo agora que vai acabar com a minha presença em campeonatos, é que estão esgotando as desculpas de jogar mal… antes reclamávamos da quantidade de atletas, isso já foi resolvido… depois reclamávamos do calor, foram lá e instalaram ar-condicionado… reclamávamos do preço, diminuíram as partidas… proibiram o cigarro, lá vamos nós para o fumódromo (antes de beber, é claro)… agora não vai poder mais beber com camisa de clube, lá vamos nós com malinha de roupa… AH, FALA SÉRIO, QUE GRAÇA TEM IR AO BOLICHE DEPOIS DE TUDO ISSO???

  19. Renan, faço das palavras do Feliph Rosa as minhas.
    Issa, um grande beijo, e cuida bem do bezerrinho.
    Abraços a todos
    André

  20. De fato essa discussão é velha!…Mas insisto que não haverá popularização desestimulando as divisões inferiores, com “óleos seletivos” (Renatão: sem bebida, cigarro, eu não bebo e nem fumo, agora NÃO PODER NEM COMER SEUS BISCOITOS!!… que sobra prá nós, pangarés?!..) Ocorreu-me chamar a TV para filmar finais com pistas secas e approachs molhados: 126X113… Sairá nas vídeos-cassetadas!… Baita marketing!…
    Todo mundo sabe da verdade: ninguém teve peito de punir o jogo lento, nenhum diretor técnico (premido pelo tempo) exigiu que o óleo fosse refeito e os approachs fossem limpos e máquinas consertadas por incompetência, negligência, imperícia e má vontade dos preparadores (os donos de boliches perderam o respeito pela nossa classe principalmente por causa dos atrasos na devolução das casas causada pelo jogo lento (v. acima). Jogo lento também não é responsabilidade do diretor técnico? Chega dessa conversa de que nós, vítimas, é que somos culpados!…
    Resumindo tudo que houve até aqui: Uma Federação LOUVAVELMENTE pediu desculpas pelo óleo “o resultado foi lastimável”, um dos Diretores da mesma DESAUTORIZOU a Federação… Além do óleo estar uma merda,
    os approachs estavam SUJOS. (Também são de responsabilidade do diretor técnico). Só resolvi escrever porque este mesmo diretor-técnico (que é excelente jogador, tecnicamente), tentou (com algum sucesso) botar a culpa
    nos demais jogadores… Essa carapuça não me serve.
    Pallma: desculpe a minha ignorância: o que é GREED?

  21. Biondi,você não é ignorante, sabemos disso. Só escrevi “greed” para deixar claro que temos que criar algo que desperte e atraia o futuro bolicheiro. Vejo um boliche “velho” com pouca gente nova. Vamos criar algo que desperte o interesse das pessoas, como prêmios, incentivos de aulas grátis, demonstrações de habilidade. Torneios escolares, nas empresas, etc.
    Inglês – Português – greed
    s. ambição; avareza; mesquinharia; gula; avidez; ganância; interesse…
    Por outro lado, concordo PLENAMENTE com você que chega a ser patético o tanto que demoram para jogar. Alguns esperam até quatro (4) pistas ficarem totalmente desocupadas para depois arremessarem naquela média de 155… E reclamam, fazem gestos, caretas, quando alguem sobe na pista respeitando o regulamento que é UNIVERSAL. Qualquer lugar do mundo usa-se olhar para a pista da direita, se estiver livre, entra e arremessa.

  22. Renan Zoghaib

    hahaha!!

  23. Renan: só lhe falta uma coisa para ser igual (ou melhor) que o Marcelo Suartz: MATURIDADE.

    Estou com muita saudade dos que me lembro de ter conhecido (desculpem-me se me esqueci de alguem que não tem fotografia…) O Fernandão Cals!!..
    O Caio!! (achei o Rodrigão Hermes) Os Pak!! O Issa!! O Bira!!…o Pallma!! meu saudoso abraço a todos. Comoveu-me e motivou-me o comentário do Cals lá no começo. faço de sua posição a minha: “Oi amigo Bira,
    Vi o resultado desse óleo mal aplicado no desempenho do atletas.
    Morando na Granja, próximo, pois, ao Striker e procurando rever os amigos do boliche – não os via fazia mais de 10 anos – notei a dificuldade dos arremessos e a pouca, digamos, “intimidade” que as bolas encontravam em chegar, em boas condições nos queridos pinos.
    Ainda não experimentei o novo boliche, mas espero que ele tenha melhores condições quando eu o fizer… senão, 10 anos depois, acho que não volto mais a jogar boliche, rsrsrsrsrs
    abração
    Fernando (Fernandão) Cals”

  24. Charles Robini

    Depois de mais de 5 anos sem jogar torneios pe federação tive a infelicidade de jogar esse campeonato. Bom, resumindo, a federação continua o mesmo lixo, com cada vez menos jogadores, passagem de óleo medíocres em ambos os boliches. Renan, parece que você não aprendeu nada convivendo comigo e com o Marcelo, a sua escolha foi lamentável, nunca tinha jogado em um óleo reverso no bate bola. Inúmeras vezes falei para não inventarem óleo, existem programas que são inseridos por TÉCNICO CERTIFICADOS DAS MÁQUINAS que são utilizados nos melhores torneios e são divulgados na internet, então simples ao invés de inventar que tal copiar. Outro fator, eu sempre critiquei o jogo lento por parte da elite e agora os pangarés estão fazendo isso, todos os dias os mesmos jogadores atrasaram e nada foi feito. Mais um detalhe, como levar a família em um ambiente que é comum haver porrada. Renan e a todos, você copiou a regra pela METADE. A quem não sabe, é permitido a troca de superfície nos intervalos de partida, mas não pode ser realizada dentro de um pro-shop, tem que ser designada uma área (UMA SIMPLES MESA), onde todos os atletas devem utilizar para fazer as modificações em seu material. Depois dessa palhaçada, vou ficar longe mais uns 10 anos. BOA SORTE AOS QUE FICAM.

  25. Renan Zoghaib

    Luiz me falta maturidade e uns 3 anos de Kegel!

  26. Luciana Moura

    Boa tarde à todos!
    Não entendo de boliche e nem de óleo, mas entendo e conheço a pessoa Renan Zoghaib. Gostaria de dizer que ele não escolheu o óleo sozinho, inclusive outras pessoas testaram o óleo e aprovaram. Os superiores do Renan ligavam lá em casa às 7h da manhã, e o Renan saía correndo de boliche em boliche para testar o bendito óleo, na companhia dos seus superiores, é claro.
    Agora entro no site do boliche e vejo esse tipo de comentário, todo mundo apedrejando o Renan, peraí, quando a coisa sai certa e numa boa, os méritos não vão para o “moleque” de 25 anos, afinal, ele não sabe nada sobre a vida não é… Agora, quando a coisa dá errada, a culpa vai pra quem?? Vai é claro para o “moleque” de 25 anos, que não sabe nada da vida… A cada dia vou menos ao boliche, por que as pessoas com mais idade, que se dizem ser maduros e saberem mais por terem mais anos de boliche ter esse tipo de conduta. Falta hombridade para assumirem seus erros, é muito fácil escrever no mural e jogar a culpa nas costas dos mais fracos, acho ótimo o Renan não fazer mais parte dessa Federação, aí eu quero ver em quem vão pôr a culpa. E maturidade não falta ao Renan, falta ao Sr. por chamar seus colegas de boliche de pangarés, isso é modo de se dirigir a alguém?? Isso sim pra mim é falta de maturidade. Charles Robini, o que o Renan tinha para aprender com você? A sair de balada e ir jogar boliche bêbado? Ou a falar que pega mulher pra cara….??? Me poupe, acho lamentável esse tipo de conduta de vocês, e digo mais, na minha opinião, quem é bom joga bem em qualquer óleo. Obrigada.

  27. Renan Zoghaib

    E Charles, eu só estava trocando um Plug!!
    Mas foi um erro meu levar a bola para dentro do Proshop!
    Se formos colocar aqui tudo o que não pode, aí sim o boliche acaba!
    Boliche aqui nunca vai virar esporte!!
    Falso moralismo não, né?

  28. Marcela Zoghaib

    Isso tudo aconteceu porque o Renan não fez o “poquetbreak” no “aprroaxi ” na tábua 10, devido a o óleo que não era soya… Vocês estão só estão discutindo porque eu não fui aí jogar… porque ia acabar com todos esses PANGARÉS… porque sou boa! E jogo em qualquer óleo e pista! hihihi Beijinhos para todos!

  29. EU SÓ ESTOU CRITICANDO O RENAM POR ELE IR CONTRA A PRÓPRIA FEDERAÇÃO!…Achei altamente louvável a atitude e a coragem da Diretoria da Federação em pedir desculpas aos atletas e ele que é o Diretor -Técnico dizer que “não foi consultado” e que “não acha que deve pedir desculpas”… A FEDERAÇÃO (QTOS + SÃO DIRETORES?) ASSUMIU A CULPA, se ele discorda, que vá falar com o Presidente, com o resto da Diretoria, INTERNAMENTE – não vir a público com sua discordância!…

  30. Charles Robini

    Renan nem procurei participar da discussão, mas pelo que eu vi o motivo foi a mudança de superfície, sendo assim muito simples de resolver, só precisa de uma mesa. Segundo nós temos que tratar o Boliche como esporte.Se você está tão interessado em ser diretor vou te dar alguns conselhos, primeiro você pode definir óleos padrões, curto, médio ou longo nos paulistas, basta você definir antecipadamente, ou seja pegue o calendário da FPBOl determine quais óleos serão usados, assim você tem mais tempo para procurar o condicionamento correto e ainda ajuda seus atletas a se prepararem . Vou te dar mais uma dica, no jogo lento, você pode estabelecer um árbitro para o próximo torneio e peça para que ele anote todos os nomes das pistas que passarem do tempo estabelecido, como 3 torneio você tem uma estatística, no 4 torneio essa pessoa é obrigada a pagar uma multa, por exemplo 100 reais na inscrição, dobre caso ele faça o mesmo no 4 torneio. É a mesma atitude tomada nas transferências, basta você estabelecer como regra porque dai ninguém pode reclamar, pode ver que taxa da cbbol foi para 1.000 reais, ou seja, é para inibir mesmo, faça o mesmo com o jogo lento.
    Luciana acho que você não percebeu que minah crítica foi direta a FPBOL, mas infelizmente seu namorado hoje faz parte como diretor. Quanto as minhas atitudes, só quero te lembrar que apesar de tudo que você falou na federação apenas o meu amigo Caco Cruz possui mais medalhas internacionais do que eu e em 2009 fui o melhor jogador do PAÍS, dessa forma acho que tenho uma certa MORAL para falar neh. Sem mágoas, mas você precisa entender que quando se assume certos cargos, você assumi certas responsabilidades, sendo assim você acaba sendo alvo de críticas e elogios. Acho que todas as críticas ao Renan, não foram nada pessoal, só pra te lembrar todos pagam uma inscrição que não é barata, ou seja, podemos emitir nossos comentários neh.

  31. Luciana Moura

    Charles,
    Eu apenas defendi o Renan, pois comentaram que ele foi o único responsável pelo óleo, e eu sou prova que não foi, mas enfim, vou parar de escrever por aqui, afinal não tenho nada a ver com essas coisas de boliche e de federação, só peço desculpas à você por ter feito um comentário infeliz, esse qual ouvi no boliche, independente de como você joga, não tenho nada a ver com sua vida, não tenho nada contra você, pelo contrário, e gosto muito da sua família, só não entendi quando você disse que o Renan não aprendeu nada com você, por que não vejo muito contato entre vocês, mas enfim vou parar por aqui antes que coloquem mais lenha na fogueira, por que o meu intuito era somente esclarecer a história do óleo, e a propósito, ele não faz mais parte da Federação, (graças à Deus).

  32. Grace Zoghaib

    Sinto em dizer que o senhor com tanta maturidade, com tanta experiência como um ótimo atleta, não sei o motivo exato que levou a palavras tão encorajadoras e de auto estima para um atleta que realmente é atleta, dedicado, esforçado e respeitador, que é o que eu acho que lhe falta.
    Educação também faz parte do condicionamento de qualquer atleta e, quanto a ser moleque, talvez seja a postura que ele deve tomar com pessoas ou melhor ditos ATLETAS do Boliche .
    Quanto a você, Charles, dou graças a Deus por ele não ter aprendido nada com você, mas sei que com o Marcelo ele aprendeu pelo menos a ser Amigo e Atleta, coisas que estão lhe faltando nos dois quesitos.

  33. Oi Charles! Muito obrigado por suas valiosas sugestões!…Gente que não está por dentro do que acontece quer levar as coisas para o lado pessoal…Entra ano, sai ano, sempre a mesma novela: “não será permitido jogo lento…” diz em todos regulamentos. A gente vê a da direita livre e leva
    um olhar hostil do colega 3 pistas prá lá…Pergunto prá vc, ou prá outros
    que tenham também jogado no exterior: como é feito por lá?!.. Será que estas pistas não tem um cronômetro que se possa programar o tempo do jogador?!.. No último torneio nacional que fui, individual no Rio, todos sofremos com 2 dias de óleos curtos, (disseram-nos que o Márcio Vieira bateu uma de 130!..) a 1a divisão que estava em outro boliche (nós seniores jogamos no boliche dele) ficamos sabendo que eles levavam sempre 2 horas mais para terminar a série!…Cheguei a ser ridiculazado há + de 10 anos qdo sugeri que se colocassem relógios desses que se usam em torneios de xadrez, em cada pista.. Alguma coisa tem que ser feita, e para ontem!.. para punir os lentos. Também acho que vc e a maioria deve concordar comigo a favor do óleo fácil. Gente de fora ou que começou a pouco desconhece que é muito difícil distinguir um óleo “seletivo”
    de um óleo mal passado, um lixo, passado por um peão que foi prá casa as 4 e tem que voltar as 6 (obrigado turma do jogo lento!!…) Vamos pedir para o Bira fazer um “abaixo-assinado”, ou coisa similar para enviar para as Federações e para a CBBOL pedindo óleos fáceis em todos os torneios?
    PS.: qdo foi o último 300 oficial no Brasil ?!…Se fosse prá televisionar um torneio, iriam escolher um condicionamento crítico ou mal feito? Suponhamos que surja uma turma de não bolicheiros para ver um torneio?!
    Temos que continuar lutando por isso, né?!..

  34. Paulo Machado

    Óia, eu jogo boliche aqui no Macapá e aqui num tem esse de óio cumprido e oío curto não, aqui não tem esse de facil ou dificil, ajente mira no pino 1 e dessa a lenha!!

  35. Lucas Rodrigues

    Bom acredito que no meio de tanta confusão algumas coisas importantes não foram esclarecidas.
    A pedido da FPBOL, pelo fato de eu já ser familiarizado com a máquina A22 por preparar os treinos da Roberta no Villa, eu fui ao Striker e inseri na máquina os programas escolhidos pelo Renan. Nesse dia ele próprio me disse que procurava um óleo bem fácil, e que essa havia sido uma decisão da FPBOL.
    Ele escolheu esse programa porque realmente julgou que ele era fácil. Ele e outros jogadores treinarem no óleo e acharam que era o óleo que estava procurando.Ok o que se viu foi o contrário, mas não houve arbitrariedade na escolha. Apenas um engano.
    Outra coisa importante a se destacar é que ninguém muito menos o Renan inventou o programa. Todos os programas que foram instalados na máquina foram programas baixados do site da Brunswick, próprios para a A22. Inclusive a maioria são programas de enventos da WTBA, FIQ ou PABCON.
    Não quero criar polêmicas apenas achei importante esclarecer esses fatos.

  36. Lucas Rodrigues

    Acho que nesse momento em que passamos a ter um boliche sensacional como o Striker para jogar, reclamar o fato de o óleo estar seletivo significa não querer evoluir.
    A minha opinião é que nos Torneios Paulistas sejas passados óleos tão ou mais seletivos que esse. Apenas se atentem ao fato de divulgar previamente as condições de jogo. E deixemos os óleos festivos para as Taças. Já seria um grande começo para um melhor desenvolvimento do boliche paulista.

  37. Renan Zoghaib

    Pow Lucão!!
    Falou tudo!!!
    Obrigado!!

  38. Grace Zoghaib

    Lucas concordo com você e para quem não entendeu é simples é só procurar o mestra CHARLES o grande campeão, inclusive de integridade, presença e coleguismo realmente é o cara. GRAÇAS a DEUS que nem vc nem Renan conseguiram aprender nada com GRANDE CHARLES (ninguem merece).
    Bjos

  39. Claro, foi engano!… Vcs INSISTEM EM FALAR QUE A FEDERAÇÃO DE VCS QUE É A MAIOR DO PAÍS (E A MAIOR PARTE DOS PARTICIPANTES DO TORNEIO) ESTÃO ERRADOS?!… JÁ ENTENDI: POR VCS, NÃO PRECISA HAVER ELEIÇÕES PARA FEDERAÇÃO: É SÓ BOTAR OS PRIMEIROS DOS RANKINGS NAS FEDERAÇÕES, VCS QUE DECIDEM O BOLICHE, O ÓLEO, QUEM VAI PRÁ SELEÇÃO, SÓ VCS QUE SABEM JOGAR, E VCS SÃO INFALÍVEIS SEMIDEUSES, E O “RESTO” (SIGNIFICA “TODOS OS OUTROS”) QUE FIQUEMOS NA ARQUIBANCADA EMBASBACADOS COM SUAS MAGNIFICAS TÉCNICAS, AGITANDO AS BANDEIRINHAS DE STRIKE!!… EU FALEI QUE FALTAVA SÓ MATURIDADE PARA O RENAM SER IGUAL AO MARCELO, MAS NÃO: FALTA MUITO MAIS, MAS POR AGORA FIQUEMOS SÓ NA HUMILDADE E RESPEITO POR NÓS, QUE PARA VC SOMOS REALMENTE O RESTO (=RESTOLHO) DOS JOGADORES… O “ÓLEO TÉCNICO”/MATAÇÃO + O JOGO LENTO FORAM OS PRINCIPAIS RESPONSÁVEIS PELA INVOLUÇÃO DO BOLICHE DE 20 ANOS PARA CÁ. DESCONFIO (E TEM MUITA GENTE BOA COMIGO) QUE HÁ ALGUNS DA ELITE QUE DEFENDEM O “ÓLEO DIFÍCIL” POR PURO MEDO DE PERDER SUAS ESPETACULARES
    POSIÇÕES NO RANKING PARA ALGUM PANGARÉ MAIS AFOITO…
    OBRIGADO BIRA POR DESMASCARAR O “PAULO MACHADO”…
    “O ESPORTE NÃO MODIFICA O CARÁTER DE NINGUÉM: SÓ O DEMONSTRA” NÃO É ISSO, BIRA?!…

  40. Charles Robini

    Grace acho que voce devia fazer perguntas ao seu proprio filho,em nenhum momento desrespeitei seu filho, me impressiona vc escrever logo apos a Luciana que viu o erro e pediu desculpas. Quanto a sua critica a minha pessoa, vc nem me conhece, me viu algumas vezes, nos finais de semana, dessa forma nao te dou o direito de falar da minha pessoa, mais respeito pq em nenhum momento ofendi seu filho muito menos a vc.

    • Grace Zoghaib

      Talvez vc não saiba oque significa respeito ou desrespeito,ética ou mesmo amizade , e quanto aos meus direitos com certeza são de minha alçada ,liberdade de expressão já existe ,desculpe se feri seu sentimentos, mas prefiro ser autentica detesto a hipocresia,concordo que meu filho tem muito que aprender, mas convenhamos não seria com você ………..

      • Charles Robini

        Vamos la!! vou te mostrar sua incoerência. Como já disse quando se assume certos cargos, vc acaba assumindo certas responsabilidades. Primeiro fiz uma colocação do Renan como DIRETOR e não como PESSOA, acho que vc precisava aprender essa diferença, leia as msgs e mostra que momento o desrespeitei.Ética seria desrespeitar os outros atletas, mas quem é desrespeitado sou eu e os outros atletas que temos que esperar e PAGAR MAIS CARO pelo fato de alguns se acharem no direito de enrolar pra jogar. Direito de liberdade de expressão vc tem, mas não tem o direito de falar da minha pessoa,primeiro que vc nem me conhece e em momento algum eu falei de vc ou do seu filho de maneira desrespeitosa, então é vc que não sabe o que significa respeito. Quanto ao fato de aprender comigo, meus títulos e sucesso no esporte respondem por si só.

      • Grace Zoghaib

        Não se julga o carater das pessoas por títulos e sim por atitudes, e realmente foram poucas as vezes que presenciei atitudes suas, talvez te julguei por falta delas. No esporte seja qual for não se vence só; precisamos de trabalho em equipe, desafio, inovação e novos desafios elevam a qualidade de um renomado atleta e derrubam os supostos bons atletas. A ousadia, a coragem fazem os campeões e os campeões nunca levantam a taça sozinho, por isso que seus títulos não são aval para sua conduta. Não perguntei nada para meu filho apenas li, conclusão unicamente minha, li vários comentários que se dividiram em duas partes VENCEDORES//PERDEDORES com todo RESPEITO.

  41. Charles Robini

    Luiz nao adianta vc querer melhorar o esporte, pq as pessoas que dirigem nosso esporte nao se pronunciam em nenhum momento sobre os assuntos, todos levam para o lado pessoal.
    Lucas nao duvido da atitude de vcs , mas as informacoes nao batem, primeiro o presidente pede desculpas e fala que nao foi ver a passagem, o diretor corretamente assume sua posicao e fala que era um oleo mais seletivo, na sequencia voce coloca que inseriu programas na maquina e o intuito era um oleo facil. Quem foram os tais atletas da 1 divisao que disseram que era um oleo facil, cara melhor coisa eh divulgar as informacoes, pq nos atletas nao sabemos dos bastidores, mas acho legal a transparencia pq fica mais facil de resolver os problemas certo.
    Lucas vou te fazer outra colocacao, dificuldade naum quer dizer que o oleo seja seletivo, no sulamericano na colombia colocaram um oleo foi uma lastima, que assumiram que era um erro e que nao priorizava a parte tecnica, detalhe ganhei prata nesse dia, nem por isso sai falando que era seletivo. As pessoas tem que aprender o que um oleo tecnico e um dificil. Lucas pelo amor de deus, nao leve para o lado pessoal, estamos apenas conversando sobre o assunto hein
    estou num lap top sem acentucao foi mal ae.

  42. Lucas Rodrigues

    Charlesd, fica sossegado que nao levo pro lado pessoal, na minha opiniao e importante que se tenha um troca de ideias desde que nao se leve para o lado pessoal. Bom estou dizendo o que eu presenciei, quando fui ao boliche a pedido da FPBol fui informado que seria um oleo facil. Eu me lembro desse fato da Colombia, realmente tem varios fatores que podem influenciar para o oleo nao ter saido satisfatorio.
    A falha foi ter achado que o oleo era facil, pois nao era. Acho que a FPBol errou em dizer que houve arbitrariedade, o Renan nao passou por cima da Federacao e escolheu um oleo dificil. Ele tinha a autonomia para escolher o oleo desde que fosse um oleo facil. Nao sei te dizer quem foi treinar no oleo, mas fiquei sabendo que teve gente que foi la sim treinar e nao houve reclamacoes.
    Concordo com vc, o oleo estava dificil de jogar e nao era um oleo tecnico. Eu conheco as diferencas entre um oleo dificil e um oleo tecnico. Talvez seja o termo “seletivo” que nao se encaixa bem no nosso esporte.
    O que posso te garantir e o seguinte, o oleo escolhido era tido como facil e acho que nao levara a nada tentar agora entender o que possa ter dado errado apenas tentar garantir que nao aconteca a mesma coisa.
    O que nao achei legal de tudo isso foi a FPBol ter jogado a culpa pra cima do Renan tentando se isentar. Como disse o Feliph errar e acertar faz parte.
    Dizer que o diretor errou na escolha do oleo eh bem diferentes do que dizer que houve arbritrariedade na escolha e que o diretor passou por cima da FPBol e escolheu um oleo dificil por conta propria.

  43. Lucas Rodrigues

    Tambem estou sem acentuacao aqui no lap top.

  44. Asdrúbal Brandão

    VENHAM TODOS JOGAR NA BAHIA! AQUI USAMOS ÓLEO DE DENDÊ E AINDA NOS DIVERTIMOS AO JOGAR BOLICHE (NEM SEMPRE…HEHE)
    Charles: Vc com sua bolinha chuco-chuco não vai pra lugar nenhum! Se tivesse ai tenho certeza que pisava 7 tábuas à sua esquerda jogando de uretano!
    Renan: To alugando nossa avançadíssima máquina de óleo para os próximos torneios.
    Biondi: Vamos jogar no Chile! Lá o clima é mais friozinho…
    Bira: Parabéns sempre pelo site!

    Espero todos no Brasileiro de Tercetos e na Taça Bahia!

    Grande abraço!

  45. Charles Robini

    Lucas sem problemas, eu concordo com vc que temos que tirar lições dos erros, mas convenhamos as discussões no boliche surgem porque os erros persistem concorda? Estamos conversando sobre os erros, da uma olhada se os presidentes procuram participar da discussão com os atletas. Na verdade ninguem ta nem ai, por isso que parei de levar o boliche a sério a muito tempo, mas td bem pelo jeito o boliche não tem saída. te cuida abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s