PROFESSORA GANHA PRÊMIO NACIONAL USANDO BOLICHE NA MATEMÁTICA

Alunos tinham dificuldades para realizar cálculos mentais. Professora receberá R$ 15 mil por ficar em 9º lugar entre 2,5 mil candidatos.

Ao perceber que os alunos tinham dificuldades em realizar cálculos simples, a professora Luciene Fernandes Ribeiro, criou um jogo de boliche que ensina matemática na cidade de Marabá, no sudeste paraense.

Além de melhorar o desempenho dos alunos, a iniciativa foi reconhecida nacionalmente com o Prêmio Victor Civita Educador Nota 10.

“Fiz o diagnóstico e elaborei atividades segundo as dificuldades que os alunos tinham”, lembra a professora da 4ª série da Escola Raimundinho. Ela diz que realizou pesquisas em livros e revistas de educação para verificar de que maneira poderia facilitar o aprendizado de matemática de seus alunos.

O jogo que usa garrafas PET coloridas como pinos de boliche e uma bola de couro, no qual casa cor corresponde a uma numeração. Jogos semelhantes com argolas e pinos também foram realizados dentro da sala de aula. Após derrubar os pinos ou acertar as argolas, os alunos precisavam anotar a pontuação que alcançaram e calcular quem venceu cada partida.

Gincanas e problemas matemáticos envolvendo jogos incentivavam os alunos a realizar os cálculos mentalmente. O resultado pode ser notado nas avaliações seguintes. “Aprendi a fazer contas, cálculos mentais e outras coisas”, conta orgulhoso o pequeno Mateus dos Santos, de nove anos.

A colega de sala, Vanessa Oliveira, também de nove anos, diz que aprendeu a fazer contas mentalmente. “Antes eu não conseguia fazer continhas, só escrever no papel. Agora, faço os cálculos na cabeça”, compara.

O projeto “Cálculos mentais – superações e desafios” ficou em nono lugar entre mais de 2,5 mil competidores de todos os estados brasileiros e a professora recebe no próximo dia 15 de outubro, dia do professor, o prêmio de R$ 15 mil, em Brasília. “Espero que minha experiência sirva para outros professores também”, planeja Luciene Ribeiro.

(extraído do original publicano no site G1)

Anúncios

2 Respostas para “PROFESSORA GANHA PRÊMIO NACIONAL USANDO BOLICHE NA MATEMÁTICA

  1. José Torquato

    Deve repassar esta técnica didática para os professores do Brasil.

  2. José Torquato

    Tenho uma enteada que gosta de boliche mas tem dificuldade com matemática inclusive divisão. Pode me ajudar?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s