Arquivo do mês: julho 2014

O casal Márcio & Lúcia Vieira conquista PRATA para o Brasil

ssss2014_logoA dupla brasileira de seniores, formada pelo casal Márcio VieiraLúcia Vieira, conquistou a medalha de PRATA na fase de Duplas Mistas do Campeonato Sulamericano Senior e Super Senior 2014, realizado no Panamá.

O OURO ficou com a dupla colombiana Amanda Galeano & Rodrigo Charry. O BRONZE foi para os panamenhos Edissa Andrade & Cesar Contreras.

Clique aqui e confira os resultados completos da Fase de Duplas Mistas

Clique aqui e acompanhe os resultados completos das outras fases.

Lucia_Marcio

Márcio Vieira & Lúcia Vieira

Márcio Vieira & Lúcia Vieira

Márcio Vieira & Jamil Sales conquistam OURO para o Brasil

ssss2014_logoA dupla brasileira de seniores, formada por Márcio Vieira & Jamil Sales conquistou a medalha de OURO na fase de Duplas do Campeonato Sulamericano Senior e Super Senior 2014, realizado no Panamá.

A pontuação total da dupla foi 2366 com média individual de 197,16. Márcio Vieira se destacou derrubando 1.320 pinos (média 220,00) nas seis partidas da rodada (186 + 237 + 216 + 226 + 196 + 259).

A PRATA ficou com a dupla venezuelana Pedro Cardozo & Arturo Hernandez por apenas 16 pinos. O BRONZE foi para os colombianos Luis Vasquéz & Marco Saavedra.

A outra dupla brasileira, Eugênio Carvalho & Naná Miyabara ficou na 10.ª posição com 2071 pontos.

Jamil Sales & Márcio Vieira

Jamil Sales & Márcio Vieira

Clique aqui e acompanhe os resultados completos das outras fases.

Clique aqui para fazer o download do arquivo Adobe .pdf completo da Fase de DUPLAS

Dupla feminina conquista vaga brasileira no Boliche do Pan Toronto 2015

toronto2015_bowling2No final deste sábado, dia 19 de julho, as brasileiras Stephanie Martins e Roberta Rodrigues, ambas atletas do Clube Pinheiros (SP), conquistaram para o Brasil o direito do país ser representado na Divisão Feminina da modalidade Boliche nos XVII Jogos Panamericanos, que acontecerão na cidade de Toronto, no Canadá, de 10 a 26 de julho de 2015.

Cerca de 41 países deverão enviar por volta de 7.000 atletas para o Pan Toronto 2015.

A Divisão Masculina de Boliche havia conquistado a vaga através da dupla Marcelo Suartz e Renan Zoghaib nos X Jogos Sulamericanos em Santiago, no Chile, em março deste ano.

CLIQUE AQUI para ver os resultados completos.

Time Brasil no FOP2014 (e) Renan Zoghaib, Stephanie Martins, João Izaias Neto e Roberta Rodrigues

Time Brasil no FOP2014 (e-d) Renan Zoghaib, Stephanie Martins, João Izaias Neto e Roberta Rodrigues (foto por Karla Redig)

Paraenses vão defender o Brasil no Panamá

Quatro paraenses vão representar o Brasil nos Jogos Sulamericanos de Boliche, no Panamá.

Dayse Silva, Zeca Miranda, Germano Leão e Maurício Schustter viajam nesta sexta-feira com objetivos bem ousados na bagagem.

“Fizemos uma boa preparação e agora vamos para a disputa. Era um sonho defender a Seleção Brasileira e agora nós poderemos realizar. Temos boas chances de conseguir um resultado legal.” – disse Maurício Schustter.

Do quarteto, apenas Dayse, que vai defender a Seleção principal, já havia sido convocada, com os homens, que vão fazer parte da equipe B, tendo a primeira oportunidade.

Os Jogos Sulamericanos do Panamá acontecem de 19 de julho até 26 de julho, com o Brasil contando com 17 atletas no total.

IMG-20140421-WA0083

 

Inaugurada igreja com boliche ao custo de R$ 65 milhões

bowling_church_logoO Faith Chapel Christian Center, localizado Birmingham, a maior cidade do Alabama, com suas sete cúpulas gigantes mais parece ter saído de algum filme de ficção científica.

Inaugurado este mês, o “centro de entretenimento cristão” possui vários ambientes, incluindo uma área para prática de boliche com 12 pistas. Além de uma academia completa, com aulas de yoga e pilates, existe um restaurante, uma cafeteria, um salão de festas, uma quadra de basquete e um paredão para escalada indoor.  Há vários brinquedos eletrônicos junto ao playground, num espaço só para crianças.

bowling_church_aerea

Continuar lendo

COB adota postura diferenciada com modalidades ‘menores’ para o Pan

Caratê e Squash recebem alguma ajuda de custo para obter vaga, mas Esqui Aquático, Boliche, Beisebol e Softbol têm de se virar. Em alguns casos, sobra até para os atletas

original publicado no LANCENET
© 1997-2014 Todos os direitos reservados a Areté Editorial S.A Diário LANCE!
Jonas Moura – 10/07/2014 – 06:00 Rio de Janeiro (RJ)

Como de costume em Jogos Pan-Americanos, Toronto-2015 ficará marcado pelo tratamento diferenciado do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) a algumas das modalidades não-olímpicas. Enquanto Caratê e Squash têm ajuda de custo da entidade em algum momento de sua preparação, o mesmo não se repete para Esqui Aquático, Boliche, Beisebol e Softbal. E, em alguns casos, como o da Patinação Artística, os atletas tiram do bolso para representar o país. Continuar lendo