Histórias da Copa Mundial de Boliche: um casal real que não era real, mas são reis realmente

50th_WBC_qubicaamf_pqConheci dezenas de pessoas de todas as nacionalidades nas minhas nove participações da Copa Mundial de Boliche. Na primeira, em 2005, fui  jogador e jornalista, nas demais somente como Press Bowler, exceto a de 2010 na França, a qual não fui.

Também conheci lugares interessantes e países que talvez não conheceria se não fosse por esse maior evento do boliche mundial há 50 anos, completados agora em 2014, sempre com o patrocínio da AMF, depois QubicaAMF e agora Bowlmor QubicaAMF.

nasheeha_kingUma dessas pessoas adoráveis que conheci foi a simpática e atenciosa dona-de-casa Nasheeha King, representando a atual República do Maurício, outrora conhecida por nós brasileiros como Ilhas Maurício, mas também identificada como República da Maurícia oficialmente e na Europa.

É um país insular localizado no oceano Índico, constituído pelas ilhas Mascarenhas orientais e por dois arquipélagos mais ao norte. Tem cerca de 1,3 milhão de habitantes e uns 2.000 km² de território.

Está localizada a uns 800 km a leste da ilha de Madagascar e os seus vizinhos mais próximos são o departamento francês de Reunião (também com dois representantes nesta #50WBC, Barre Frederic e Merlo Dominique), a oeste, e as nossas conhecidas ilhas Seychelles, ao norte, onde o Collor passava férias com nosso dinheiro. A capital de Maurício é Port Louis.

Conheci Nasheeha na 42.ª WBC realizada em Caracas, na Venezuela. Lá, devido à mudança climática, ela ficou afônica mas não o suficiente para que falasse menos. Sempre muito alegre, efusiva e agregadora gostava (e gosta) de fazer amizades e bater longos papos. Até hoje, brinco com ela sussurrando as palavras como um afônico só para ouvir sua gargalhada contagiante.

Contando essa, ela já participou de oito Copas do Mundo (em 2006 ganhou o prêmio Sportswoman Award devido às qualidades que mencionei acima, depois jogou em 2007, 2009, 2010, 2011, 2012 e 2013).

Neste ano ela veio acompanhada do marido e nos contou que anteontem fizeram uma confusão com o sobrenome deles (King), a recepção pensou que se tratava de um casal real. Por isso destinaram aos dois um quarto com camas separadas, como convém o protocolo de tratamento real. Ela brincou dizendo que seria preciso marcar hora pra se encontrar com o marido na cama 🙂

Eles são King mas não são reais, embora existam realmente. Comprenez vous?

I and the royal couple

Me and the royal couple

50th_WBC_qubicaamf

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s