O FIM DO PLANET BOWLING

planet_ bowling_fimFaltando apenas alguns dias para completar  vinte anos de instalação, o Planet Bowling não resistiu à crise administrativa e financeira e fechou definitivamente suas pistas ao público, no início deste mês de dezembro.

O mais difícil foi selecionar os eventos mais importantes ocorridos nestes vinte anos de funcionamento, palco de milhares de campeonatos, torneios, confraternizações, gravações de comerciais, filmagens, como esse feito para a TAM em 2005:

Também foi gravado no Planet esse comercial antigo com o Campeão Brasileiro de 1990, Sussumu Okasaki

Sem dúvida que o auge aconteceu menos de um ano após a inauguração, quando sediou o mais importante evento esportivo do mundo, a World Bowling Cup QubicaAMF, na época denominada apenas AMF World Cup, realizando a 31.ª edição em 1995. A dupla que representou o Brasil foi o paulista Hikari Kato e a paraense Dayse Silva. Os campeões foram o norte-americano Patrick Healey e a inglesa Gemma Burden, a mais jovem campeã até hoje, quando tinha apenas 17 anos ao  conquistar o título máximo.

amf1995

10645032_707187722663681_3624904656659471943_nNa inauguração o Planet contava com 50 pistas automáticas AMF e foi o maior boliche da América Latina durante muitos anos. O piso térreo tinha 24 pistas instaladas e as outras 26 estavam no piso superior. Após uma divisão societária restaram apenas as pistas do 1.º andar. Desde então o sócio proprietário Lung Ching Jiang, conhecido por todos como Peter, administrava a empresa praticamente sozinho. Porém, acometido pelo Mal de Alzheimer, ele teve que se afastar nos últimos anos e delegar suas funções. As dívidas acumuladas, somadas ao crescimento das despesas essenciais, provocaram a inviabilidade do negócio.

Durante as promoções de inauguração, o Planet chegou a oferecer um carro para o primeiro jogador que fizesse uma partida perfeita (300 pontos conseguidos após doze strikes consecutivos na mesma linha). O saudoso Fernando Rezende, o primeiro campeão brasileiro da Fase Individual de um Campeonato Mundial (1990 – Filipinas), foi o ganhador do veículo. Por ironia do destino, Fernando veio a falecer num acidente automobilístico, quando dirigia este carro conquistado nas pistas.

Outra lenda que frequentou o Planet por muito anos foi o também saudoso José Luiz Veiga (vídeo abaixo), campeão de boliche na década de 60, que se tornou um grande organizador e incentivador do esporte Boliche.

Agora o Planet Bowling é história, eternizadas nos vídeos amadores:

259660_442790012436788_588072865_o

10659428_707200549329065_3729751691779636003_n

202619_442781932437596_418546819_o

882062_531388903578981_1652107186_o
323949_442789989103457_1255156449_o

882842_531358763581995_2123998706_o
10151286_707200559329064_2238203276082914649_n

Anúncios

Uma resposta para “O FIM DO PLANET BOWLING

  1. Trabalhei lá por quatro anos. Excelente ambiente de trabalho, deixou saudades.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s