A ÚLTIMA BATALHA DO GENERAL COUTO

geraldo_couto2

Neste 25 de junho perdemos a companhia de um grande incentivador do esporte Boliche.

Geraldo Couto, carinhosamente apelidado General pelos amigos, dentista de profissão, veterano atleta paulista, sempre jogando pelo Esporte Clube Pinheiros, foi nosso representante em vários torneios estaduais, nacionais e internacionais, como em duas edições da Copa Mundial de Boliche AMF, na 22.ª em 1986 em Copenhagen, na Dinarmarca, e em 1988 na 24.ª, em Guadalajara, no México.

Nos últimos anos travou uma guerra contra um inimigo terrível, o câncer. Suportou o doloroso tratamento com altivez, coragem e humildade. Porém o traiçoeiro inimigo intensificou seus ataques e o nosso querido General capitulou.

Geraldo deixa Janice, sua esposa e companheira inseparável, também atleta paulista, e os filhos Geraldo Neto e Priscila, além de incontáveis amigos que ele tanto incentivou na prática do esporte Boliche.

SIGA EM FRENTE, A VIDA CONTINUA.

A morte não é nada.

É somente uma passagem de uma dimensão para outra.

Eu somente passei para o outro lado do caminho. Eu estou, agora em uma outra vida, não podem atormentar essa minha passagem com tristeza e lágrimas.

Eu tenho que ter muita paz para purificar minha alma e andar tranqüilo pelos jardins da dimensão que me encontro.

Vocês são vocês. Estão vivos, a vida não pode parar porque um membro da família partiu. O que eu era para vocês, eu continuarei sendo.

Se dei bons exemplos, siga-os, se fui bom imitem-me, se deixei vocês com saudades, quando se lembrarem de mim façam uma oração, peçam meu descanso, meu repouso e que meu encontro com Deus, seja minha glória.

Me dêem o nome que vocês sempre me deram, falem comigo como vocês sempre fizeram.
As lágrimas de vocês me fazem um enorme mal, cada um de nós tem seu dia marcado, o meu veio agora.
Pensem simplesmente que nos encontraremos mais cedo ou mais tarde.

Vocês continuam vivendo no mundo das criaturas, eu estou vivendo no mundo do Criador.
Não utilizem um tom solene ou triste, continuem a rir juntos.

Rezem, sorriam, pensem em mim.

Que meu nome seja pronunciado como sempre foi, sem diferença por eu não estar presente, não sai da vida de vocês porque quis, mas sim porque Deus determinou, aceitem para que eu não lamente, estar sendo motivo de sofrimento, pois jamais os magoaria por minha vontade.

Não tenham revoltas, não lamentem, apenas tentem compreender. Se não lembrarem de mim com alegria, vou ficar no meio do caminho, sem poder ir para onde tenho que ir, sabendo que nada posso fazer para voltar para vocês.

Não quero tristeza, não quero lágrimas, quero orações.

A vida significa tudo o que ela sempre significou, o fio não foi cortado.

Por que eu estaria fora de seus pensamentos, agora que estou apenas fora de suas vistas?
Eu não estou longe, apenas estou do outro lado do caminho…

Vocês que ficaram, sigam em frente, a vida continua linda e bela como sempre foi “

(texto atribuído a Santo Agostinho)

(e-d) Geraldo Neto, Priscila, Janice e Geraldo
13501619_10206397546714025_4149431777359730872_n

(e-d) Felipe, Issa, Geraldo, Roberta, Celso e Igor
geraldo_pinheiros

(e-d) Nilson, Coca, Geraldo, Suzi, Renato e Bira
geraldo_pinheiros2

(e-d) Suzi, Geraldo, Goto, Marina e Bira
geraldo_pinheiros4

(e-d) Bira, Sérgio e Geraldo
geraldo_pinheiros3

Anúncios

4 Respostas para “A ÚLTIMA BATALHA DO GENERAL COUTO

  1. Eu, Janice, a cara metade desse grande homem, bom filho, excelente pai, amigo fiel, profissional dedicado, enfim tive a bênção de poder compartilhar muitos momentos felizes e poder gerar dois seres lindos e abençoados. Agradeço muito pelo carinho de todos, pois ele conforta meu coração e me faz mais resistente em pensar como recomeçar ou dar continuidade a vida sem o meu único e grande amor. Minha alma gêmea.

  2. Andrea Montanha

    Meus sentimentos à familia.
    Conheci o casal quando trabalhei no Planet Boliche.
    Ótima pessoa, humilde.
    Descanse em paz

  3. Geraldinho, Gera, Geraldo, grande jogador de Bowling para mim, fiquei alguns bons anos longe e estou voltando esta semana para as pistas, vou jogar muito se Deus quiser para você e nunca vou esquecer dos seus strikes também nas pistas do ECP. Descanse em paz.

  4. Caco Penteado

    Sinto demais que não o encontrarei mais quando for ao Clube, mas sua memória ficará em minha lembrança como “o cara” do boliche. Sempre amigo, humilde e educado. Apesar de seu grande talento neste esporte, sempre respeitou os demais, sendo gentil e incentivador. Pessoas como ele sempre farão falta neste mundo. Um forte abraço a todos os familiares e que Deus os proteja nessa hora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s