I TAÇA INTERLAGOS BOLICHE CLUBE – Segundo dia

Continuou!

Neste domingo teve prosseguimento a I Taça do Interlagos Boliche Clube, nas dependências do Strike Bowling do Shopping Interlagos, São Paulo/SP (dias 18, 19, 25 e 26 de agosto).

As reclamações sobre condicionamento, tão comuns em todos os torneios e campeonatos brasileiros, fizeram a diretoria do Interlagos Boliche Clube alterar o programa de óleo na manhã deste domingo.

Contei ao Fábio Chemin, vice-presidente do clube, minha opinião sobre o assunto: “poucos, pouquíssimos (ou quase ninguém) entende de condicionamento de pistas de boliche no Brasil”, como bem descreveu (e faz muito tempo) o Benê Villa em seu ótimo e sempre atual artigo Les Druides.

Discordei (e discordo) em responsabilizar a casa por esses inconvenientes. É dever do clube (ou, quando for o caso, da federação ou da CBBOL) acompanhar, fiscalizar e aprovar previamente o condicionamento das pistas, limpeza do approach, qualidade dos pinos, temperatura ambiente, staff, etc. Nenhum proprietário vai se preocupar com isso. E nem deve, afinal o foco dele é comercial e o nosso (federados) é o técnico. Cada macaco no seu galho.

Bom … vamos ao que interessa … Resultados e Comentários. Hoje vou inverter a pauta, primeiro vou mostrar a classificação dos líderes e depois farei meus comentários:

1.ª Divisão Masculina
1.° (eram 3.° na primeira rodada) Feliph Rosa & Fábio Rezende (4493 – 374,42)
2.° (eram 2.°) Hiro Shigenaga & Celso Azevedo (4489 – 374,08)
3.° (eram 1.°) Marcelo Akiyama & Naná Miyabara (4425 – 368,75)

2.ª Divisão Masculina
1.° (2.°) Bira Teodoro & Feliciano Freire (4289 – 357,42)
2.° (4.°) Flávio Alonso & Leão Lourenço (4169 – 347,42)
3.° (3.°) Alexandre Simão & Cristian Soto (4088 – 340,67)

3.ª Divisão Masculina
1.° (2.°) Angenor Gimenez & Toninho Luiz (3994 – 332,83)
2.° (1.°) Tadao Yokota & Marcelo Malheiro (3983 – 331,92)
3.° (3.°) Orley Yamaguti & Jota Jota (3950 – 329,17)

1.ª Divisão Mista
1.° Suzilene Ivata & William Hideki (4275 – 356,25)
2.° Dê Luqueti & Ademir Medina (3926 – 327,17)

2.ª Divisão Mista
1.° (3.°) Fátima Maria & Ricardo Filgueiras (4001 – 333,42)
2.° (1.°) Solange Canelas & Orlando D´Áurea (3999 – 333,25)
3.° (2.°) Inês Yamaguti & Antonio Seiji (3861 – 321,75)

3.ª Divisão Mista
1.° Suely Soubihe & Francisco Batata (3625 – 302,08)
2.° Viviane Cardoso & Fábio Chemin (3521 – 293,42)
3.° Carla Cassavia & Antonio Jose (3327 – 277,25)

O destaque individual da segunda rodada foi o jovem William Hideki, o único a fazer duque de média até agora (1206 pontos/6 linhas – 201,00), façanha que o catapultou da 9.ª para a 1.ª posição (2291 – 190,92). William começou fraco com 173, mas embalou com 210 e 236, reduziu com 181, acelerou com 225 e se garantiu com 181. No dia dos saltitantes, Celso Azevedo pulou da 4.ª colocação para a vice-liderança (2288 – 190,67). Naná Miyabara tropeçou e caiu da primeira para a 3.ª posição (2287 – 190,58). Feliph Rosa também foi junto, da 2.ª para a 4.ª (2268 – 189,00).

Esse escrevinhador digital até que fez bonito na 2.ª divisão com 1126 pontos na série do dia (187,67 de média), e acabou na liderança provisória dessas primeiras 12 linhas (2171 – 180,92). Não consegui fazer nenhuma partida maravilhosa (193, 213, 176, 209, 198), mas conheci as profundezas enxofrentas na última linha (137), o que tirou um pouco (pouquinho) da minha alegria. Felizmente quem está nos meus calcanhares é meu parceiro de dupla, Feliciano Freire, com 2118 pontos em 12 linhas (176,50). Um belo exemplo com seus saudáveis 79 anos de vida para a molecada que está engatinhando no approach. O terceiro colocado é o Cristian Soto que fez a maior partida desta divisão (231) e se perdeu nas outras.

Na 3.ª divisão Flávio Alonso continua líder (2212 – 184,33), agora seguido por Ricardo Filgueiras (2043 – 170,25) e Antonio Seiji (2024 – 168,67).

Na 4.ª divisão também não houve mudança na ponta, com Orlando D´Áurea na frente (2063 – 171,92) de Marcelo Malheiro (2004 – 167,00) e de Tadao Yokota (1979 – 164,92).

Na 1.ª divisão feminina, Suzilene Ivata (1984 – 165,33) superou sua única concorrente, Dê Luqueti (1967 – 163,92).

Na 2.ª divisão feminina, Fátima Maria (1958 – 163,17) trocou de lugar com Solange Canelas (1936 – 161,33), seguidas por Inês Yamaguti (1837 – 153,08).

Na 3.ª divisão feminina, Carla Cassavia permanece líder (1649 – 137,42), seguida pela mãe, Suely Soubihe (1646 – 137,17) e Viviane Cardoso (1642 – 136,83).

No próximo final de semana tem mais … oba!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s