PBA 2008-09 (1): DUKE FAZ HISTÓRIA!

Lumber Liquidators PBA Tour 2008-09
(evento 1) PBA World Championship – 19 a 26 de outubro
Northrock Lanes – Wichita, Kansas – EUA

[img:duke_faz_historia2.jpg,resized,vazio]
O espetacular Norm Duke tornou-se o primeiro jogador nos 50 anos de história da PBA (Professional Bowlers Association) a ganhar três eventos Majors consecutivamente.

Na tarde desse domingo Duke superou o PBA Player of The Year Chris Barnes na final por 259 a 189 e foi o Campeão do PBA World Championship. Na temporada passada (2007-08) ele havia ganho o Denny’s World Championship e o U.S. Open.

Campeão: Norm Duke (prêmio de US$ 50,000.00)
Vice-campeão: Chris Barnes (US$ 25,000.00)
3.º lugar: Sean Rash (US$ 11,500.00) e Steve Jaros (US$ 11,500.00)

Na semi-final Duke ganhou de Rash por 236 a 215 e Barnes ganhou de Jaros por 202 a 181.

Nas quartas-de-final Duke já havia mostrado sua força e precisão ao ganhar por 4 a 1 (disputa melhor-de-sete) de Parker Bohn III, fazendo 247, 279, 216, 239 e 234 contra 244, 206, 230, 223 e 200. Nessa fase, além de Bohn III, foram eliminados Todd Book, Mika Koivuniemi e Michael Fagan. Os quatro ganharam US$ 7,000.00 cada um.

Nas super oitavas-de-final ficaram de fora Brad Angelo, Jason Belmonte, Steve Harman, Pete Weber, Bill O´Neill, Mike Scroggins, Eugene McCune e Doug Kent. Esses oito levaram US$ 4,500.00 cada um. Jason ainda levou mais US$ 100.00.

Os classificados da 17.ª até a 24.ª posições ganharam US$ 3,150.00 cada um. O 17.º , o veterano Tom Baker fez uma partida perfeita (300) na disputa que ganhou por 4 a 2 de Michael Machuga. Nessa fase Tommy Jones foi eliminado por Jason Sterner também por 4 a 2. O 19.º foi Walter Ray Williams Júnior (227, 246, 280, 221, 235 e 236) que ficou fora nas primeiras oitavas-de-final numa fantástica disputa com Mika Koivuniemi (279, 234, 223, 241, 238 e 246).

A premiação da 25.ª até a 40.ª a premiação foi de US$ 2,150.00, como Tommy Jones (27.º) e Michael Machuga (29.º).

Os que ficaram da 41.ª a 46.ª levaram US$ 1,400.00, como Jason Couch (45.º).

Da 47.ª até a 53.ª a premiação foi de US$ 1,300.00. O argentino Lucas Legnani ficou exatamente na 53.ª posição com 211,17 de média, à frente de feras do boliche, como Jason Couch (48 – 210,44), Wes Malott (63 – 208,83), Robert Smith (66 – 208,28), Tim Mack (68 – 208,22), Rhino Page (76 – 206,22), Brian Himmler (84 – 205,00) e Danny Wisemann (93 – 202,78).

O total dos prêmios foi de US$ 239,940.00.

A média de 200 pontos deixaria o participante na 105.ª posição.

O último colocado (192.º) após essas 18 primeiras partidas de classificação foi Michael Evans com 164,67 de média.

Nos campeonatos da PBA não tem divisões nem handicap.

Assista no vídeo abaixo a partida final entre Duke & Barnes (parte 1 de 2)

(Parte 2 de 2)

2 Respostas para “PBA 2008-09 (1): DUKE FAZ HISTÓRIA!

  1. Ailton Cardoso dos Santos

    Bira
    Novamente, sensacional este artigo, vem mostrar a todos o quanto vale se empenhar em torneios que tem premiações.
    O valor que tem as médias e não apenas as pontuações.
    Parabéns
    Ailton

  2. Eu sou fã do Norm Duke, acho o jogo dele muito simples e eu acho isso bom. O próprio Sean Rash, tem um jogo muito legal, mas sofisticado, no final, o arroz com feijão acaba sendo mais efisiente.
    Ele merece, parabéns ao Norm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s